A AUTONOMIA DOS COMPONENTES CURRICULARES DA EDUCAÇÃO BÁSICA: O CASO DA GEOGRAFIA ESCOLAR E SUA RELAÇÃO COM A DISCIPLINA DE REFERÊNCIA - DOI 10.5216/bgg.v27i2.2658

Autores

  • Juliano Rosa Gonçalves Instituto Tocantinense de Pós-graduação

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v27i2.2658

Palavras-chave:

geografia Escolar – geografia acadêmica

Resumo

O presente artigo investiga a relação existente entre as disciplinas escolares e suas correspondentes acadêmicas. A diferença entre ambas é feita à luz de Santos (2003) e Goodson (1990). Uso como estudo de caso as geografias escolar e universitária. Argumento favoravelmente à tese de que as disciplinas escolares não são meros receptáculos dos saberes produzidos em “instâncias superiores” do conhecimento. O ensino de geografia nas escolas não pode, nesse contexto, ser analisado como uma cópia simplificada da Geografia Universitária, como muitos ainda fazem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-12

Como Citar

GONÇALVES, J. R. A AUTONOMIA DOS COMPONENTES CURRICULARES DA EDUCAÇÃO BÁSICA: O CASO DA GEOGRAFIA ESCOLAR E SUA RELAÇÃO COM A DISCIPLINA DE REFERÊNCIA - DOI 10.5216/bgg.v27i2.2658. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 27, n. 2, p. 97–114, 2007. DOI: 10.5216/bgg.v27i2.2658. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/2658. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos