NOÇÕES DE AMBIENTE NO VOCABULÁRIO CONTROLADO DE DESCRITORES EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (DECS): UMA PERSPECTIVA GEOGRÁFICA

ENVIRONMENT NOTIONS IN THE CONTROLLED VOCABULARY OF MEDICAL SUBJECT HEADINGS (MESH): A GEOGRAPHIC PERSPECTIVE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v43i01.73523

Resumo

Estabelecido há mais de três décadas, o vocabulário controlado de Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) possui grande potencial de ser fonte documental para esclarecer como as Ciências da Saúde incorporam ao longo do tempo as temáticas relevantes para seus saberes e suas práticas. Este artigo busca discutir algumas noções sobre o descritor Ambiente deste vocabulário controlado, tendo como fio condutor a problemática ambiental discutida por parte da Geografia. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, de caráter exploratório e do tipo documental. O levantamento de dados foi realizado no próprio site do DeCS, nas seções de pesquisa livre e de edições anteriores correspondentes ao período de 1999 a 2020. O descritor foi mapeado seguindo os passos de ordenação, classificação e análise. Criaram-se quatro categorias de noções: ecológica, escalar, laboral e arquitetônica. São predominantes as abordagens de equilíbrio/desequilíbrio ecológicos e de planejamento/gestão ambientais. O descritor Meio Ambiente do vocabulário condiz com parte da construção histórica do uso científico do conceito de ambiente, no entanto, existem lacunas nesta ferramenta de busca, sendo indicado o seu aprofundamento teórico a partir das discussões presentes na Geografia, principalmente segundo a perspectiva territorial.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heloise Canal, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, heloisecanal@gmail.com

Mestrado em Geografia pelo Programa de Pós Graduação em Geografia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, RS, Brasil.   Autor: Verdum, Roberto Afiliação e Instituição:  Doutor em Geografia, Professor,  Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPG), Instituto de Geociências e PPG em Desenvolvimento Rural, Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil  

Roberto Verdum, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, verdum@ufrgs.br

Possui graduação em Licenciatura em Geografia (1987) e Bacharelado em Geografia (1988) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestrado (1993) e Doutorado (1997) em Géographie et Aménagement pela Université de Toulouse Le Mirail, França. Atualmente, é Professor Titular do Departamento de Geografia - IGEO - Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), onde atua no curso de Graduação em Geografia; nos cursos de Pós-graduação em Geografia/IGEO e Desenvolvimento Rural - FCE. Tem experiência na área de Geociências, Geografia e Desenvolvimento Rural, com ênfase em Geomorfologia, atuando nos seguintes temas: análise ambiental, paisagem, desertificação e arenização. 

Downloads

Publicado

2023-11-02

Como Citar

CANAL, H.; VERDUM, R. NOÇÕES DE AMBIENTE NO VOCABULÁRIO CONTROLADO DE DESCRITORES EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (DECS): UMA PERSPECTIVA GEOGRÁFICA: ENVIRONMENT NOTIONS IN THE CONTROLLED VOCABULARY OF MEDICAL SUBJECT HEADINGS (MESH): A GEOGRAPHIC PERSPECTIVE. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 43, n. 01, 2023. DOI: 10.5216/bgg.v43i01.73523. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/73523. Acesso em: 21 maio. 2024.