Insetos predadores de sementes de Cassia leptophylla e a relação entre os períodos pré e pós-dispersivos

Autores

  • Cristiano Marcondes Pereira Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO
  • Huilquer Francisco Vogel Mestre em Biologia Evolutiva – UNICENTRO - Programa de pós-graduação em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais. Universidade Estadual de Maringá, CEP 87020-900, Maringá, Paraná, Brasil.
  • Mauricio Osvaldo Moura Doutor em Ciências Biológicas (Entomologia) – UFPR- Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná, CEP 81531-980, Curitiba,Paraná, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.5216/rbn.v12i2.28302

Palavras-chave:

Bruchinae, interação inseto-planta, sazonalidade, Tortricidae

Resumo

Este trabalho determinou quais espécies de insetos predam as sementes de Cassia leptophylla, durante os períodos pré e pós-dispersivo, em uma área de preservação, localizada no município de Reserva do Iguaçu, Paraná, Brasil. Foram avaliados parâmetros de abundância e sazonalidade e o índice de predação de sementes, com duas hipóteses sendo apresentadas: se a predação de sementes por insetos é contínua durante ambos os períodos dispersivos; e se mesma guilda de insetos efetua a predação. Três espécies foram encontradas predando as sementes de C. leptophylla; na pré-dispersão, Pygiopachymerus lineola, Sennius leptophyllicola e Cydia tonosticha. Houve exceção da presença de S. leptophyllicola no período de pós-dispersão. O resultado evidencia a importância do recurso alimentar proporcionado pelas sementes, para os insetos predadores, os quais predaram 42% das sementes viáveis ao final de um ciclo de frutificação da planta. As diferenças na abundância de indivíduos entre os períodos dispersivos relacionam-se provavelmente a características bionômicas e ecológicas intrínsecas, podendo evidenciar maior especialização das espécies com relação à capacidade de explorar nichos distintos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiano Marcondes Pereira, Universidade Estadual do Centro Oeste - UNICENTRO

Departamento de Ciências Biológicas - Programa de Pós Graduação em Biologia Evolutiva da Universidade Estadual do Centro Oeste – UNICENTRO, CEP 85040-080, Guarapuava – PR, Brasil.

Huilquer Francisco Vogel, Mestre em Biologia Evolutiva – UNICENTRO - Programa de pós-graduação em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais. Universidade Estadual de Maringá, CEP 87020-900, Maringá, Paraná, Brasil.

Mestre em Biologia Evolutiva – UNICENTRO - Programa de pós-graduação em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais.

Universidade Estadual de Maringá, CEP 87020-900, Maringá, Paraná, Brasil.

Mauricio Osvaldo Moura, Doutor em Ciências Biológicas (Entomologia) – UFPR- Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná, CEP 81531-980, Curitiba,Paraná, Brasil.

Doutor em Ciências Biológicas (Entomologia) – UFPR- Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná, CEP 81531-980, Curitiba,Paraná, Brasil.

Referências

Becker, V. O. 1971. Microlepidopteros que vivem nas plantas cultivadas no Brasil. II. O nome correto da lagarta das favas da Cassia fistula L. (Lepidoptera, Tortricidae). Boletim da Universidade Federal do Paraná (Zoologia). 4: 45-56.

Boscardin, J., E. C. Costa, J. Garlet & A. B. Murari. 2012. Danos de Pygiopachymerus lineola (Chevrolat, 1871) (Coleoptera: Chrysomelidae: Bruchinae) em sementes de Chuva-de-ouro (Cassia fistula L.) utilizadas na arborização urbana de Santa Maria, RS. Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana 7: 9-15.

Carvalho, A. G. & L. K. Figueira. 1999. Biologia de Pygiopachimerus lineola (Chevrolat, 1871) (Coleoptera: Bruchidae) em frutos de Cassia javanica L. (Leguminosae: Caesalpinioideae. Floresta e Ambiente. 6: 83-87.

Carvalho, P. E. R. 2003. Espécies arbóreas Brasileiras. Colombo: Embrapa Florestas, 1040 p.

Caviglione, J. H., L. K. Kiihl, P. H. Caramori, D. Oliveira. 2000. Cartas climáticas do Paraná. Londrina: IAPAR.

Crawley, M. J. 1983. Herbivory: the dinamics of animal-plant interactions. University of California Press, Berkeley.

Ferraz, F. C. & A. G. Carvalho. 2001. Ocorrência e danos por Pygiopachymerus lineola (Chevrolat, 1871) (Coleoptera: Bruchidae) em frutos de Cassia fistula L. no campus da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Biotemas. 14: 137-140.

Ferro, V. G., P. R. Guimaraes Jr, J. R. Trigo. 2006. Why do larvae of Utetheisa ornatrix penetrate and feed in pods of Crotalaria? Larval performance versus chemical and physical constraints. Entomologia Experimentalis et Applicata. 121: 23-29.

Grenha, V., M. V. Macedo & R. F. Monteiro. 2008. Seed predation on Allagoptera arenaria (Gomes) O’Kuntze (Arecaceae) by Pachymerus nucleorum Fabricius (Coleoptera, Chrysomelidae, Bruchinae). Revista Brasileira de Entomologia. 52: 50-56.

Hulme, P.E. & C. W. Benkman. 2002. Granivory. Plant-animal interactions: an evolutionary approach. Blackwell, Oxford (Herrera, C.M. & Pellmyr, O. (Eds.)) 26: 132-154.

Hulme, P. E. & J. Kollmann. 2005. Seed predator guilds, spatial variation in post-dispersal seed predation and potential effects on plant demography: a temperate perspective, p. 9-30. In: Forget, P., J. E. Lambert, P. E. Hulme & S. B Vander Vall, (Eds.). Seed fate: predation, dispersal and seedling stablishment. Cabi Publishing, Wallingford, UK.

Janzen, D. H. 1971. Escape of Cassia grandis L. beans from predators in time and space. Ecology. 56: 964-979.

Johnson, C. D. 1981. Interactions between bruchid (Coleoptera) feeding guilds and behavioral patterns of fruits of the Leguminosae. Environmental Entomology. 10: 249-253.

Johnson, C. D. & J. Romero. 2004. A review of evolution of oviposition guilds in the Bruchidae (Coleoptera). Revista Brasileira de Entomologia. 48: 404-408.

Jolivet, P. 1998. Interrelationship between insects and plants. CRC Press, Boca Raton.

Kingsolver, J. M. 1970. Synopsis of the genus Pygiopachymerus Pic, with notes on its relationships to other genera(Coleoptera: Bruchidae: Bruchinae). Proc. Entomol. Soc. Wash. 72: 37-42.

Lorenzi, H. 2002. Árvores Brasileiras: manual de identificaçãoe cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. São Paulo: Editora Plantarum, 368p.

Louda, S. M. 1982. Distribution ecology: variation in plantrecruitment over a gradient in relation to insect seed predation. Ecological Monographs 52: 25–41.

Maack, R. 1948. Notas preliminares sobre clima, solos e vegetação do Estado do Paraná. Arquivos de Biologia e Tecnologia. 3: 102-200.

Pereira, C. M. & P. R. da Silva. 2013. Capacidade de predação de sementes de Erythrina falcata Benth. (Fabaceae, Faboideae) por larvas de três espécies de Lepidoptera – Crambidae e o efeito de parasitoides sobre a interação. Biotemas. 26: 69-74.

Preacher, K. J. 2001. Calculation for the chi-square test: An interactive calculation tool for chi-square tests of goodness of fit and independence [Computer software], Disponível em: http://quantpsy.org. Acesso em jan. 2014.

Ribeiro-Costa, C. S. & A. S. Costa. 2002. Comportamento deoviposição de Bruchidae (Coleoptera) predadores de sementes de Cassia leptophylla Vogel (Caesalpinaceae), morfologia dos ovos e descrição de uma nova espécie. Revista Brasileira de Zoologia. 19: 305-316.

Santos, G. P. N., F. S. Araújo, H. F. Neto, A. J. Monteiro, 1994. Danos em sementes de Cassia ferruginea causados por Zabrotes interstitialis, Pygiopachymerus lineola (Coleoptera: Bruchidae) e um Lepidoptera (Pyralidae). Revista Brasileira de Biologia. 54: 311-316.

Satake, A., O. N. Bjørnstad. 2004. Spatial dynamics of

specialist seed predators on synchronized and intermittent seed production of host plants. The American Naturalist. 4: 591-605.

Schupp, E. W. 1992. Annual variation in seedfall, postdispersal predation, and recruitment of a neotropical tree. Ecology. 71: 504–515.

Silva, L. A., R. C. S. Maimoni-Rodella, M. N. Rossi. 2007. A preliminary investigation of pre-dispersal seed predation by Acanthhoscelides schrankiae Horn (Coleoptera: Bruchidae), p. 197-202. In Kuntze Mimosa bimucronata (D.C.) trees. Neotropical Entomology.

Statsoft, Inc. Statistica (data analysis software system), version 6, 2001. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2013.

Sourakov, A. 2011. Niche partitioning, co-evolution and lifehistories of Erythrina moths, Terastia meticulosalis and Agathodes designalis (Lepidoptera: Crambidae). Trop. Lepid. Res. 2: 184-94.

Szentesi, A. 2006. Pre-dispersal seed predation by Bruchidius villosus (Coleoptera, Bruchidae) in Laburnum anagyroides (Fabaceae, Genisteae). Community Ecology. 7: 13-22.

Zhang, J., F. A. Drummond, N. Liebman & A. Hatke. 1997. Insectpredation of seeds and plant population dynamics. Maine Agricultural and Forest Experimentation, 17. University of Maine

Downloads

Publicado

23-03-2016

Como Citar

MARCONDES PEREIRA, C.; FRANCISCO VOGEL, H.; OSVALDO MOURA, M. Insetos predadores de sementes de Cassia leptophylla e a relação entre os períodos pré e pós-dispersivos. Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology, Goiânia, v. 12, n. 2, p. 112–119, 2016. DOI: 10.5216/rbn.v12i2.28302. Disponível em: https://revistas.ufg.br/RBN/article/view/28302. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos