Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology https://revistas.ufg.br/RBN <p>A Revista de Biologia Neotropical/Journal of Neotropical Biology é uma revista científica do Instituto de Ciências Biológicas (<a href="https://www.icb.ufg.br">ICB</a>) da Universidade Federal de Goiás (<a href="https://www.ufg.br">UFG</a>) com periodicidade semestral (fluxo contínuo) que publica trabalhos nas áreas de <strong>Botânica, Ecologia, Genética, Zoologia</strong> ou outras áreas relacionadas. Para mais informações, acesse <a href="https://www.revistas.ufg.br/RBN/about" target="_blank" rel="noopener">Sobre a revista</a>.<br />- ISSN: 1807-9652<br />- Ano de criação: 2004<br />- Qualis: B4<br />- Revista vinculada ao <a href="https://www.icb.ufg.br/" target="_blank" rel="noopener">Instituto de Ciências Biológicas da UFG</a>.<br />- <a href="https://www.revistas.ufg.br/RBN/about/contact" target="_blank" rel="noopener">Contato</a></p> Universidade Federal de Goiás pt-BR Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology 1807-9652 <p class="TextosemFormatao1" align="justify">O envio espontâneo de qualquer submissão&nbsp;<strong>implica automaticamente</strong>&nbsp;na cessão integral dos direitos patrimoniais à Revista de Biologia Neotropical /&nbsp;Journal of Neotropical Biology (RBN), após a sua publicação. O(s) autor(es) concede(m) à RBN&nbsp;o direito de primeira publicação do seu artigo, licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution&nbsp;4.0 (CC BY-NC 4.0).</p> <p class="TextosemFormatao1" align="justify">São garantidos ao(s) autor(es) os direitos autorais e morais de cada um dos artigos publicados pela RBN, sendo-lhe(s) permitido:&nbsp;</p> <p class="TextosemFormatao1" align="justify">1. Uso do artigo e de seu conteúdo para fins de ensino e de pesquisa.</p> <p class="TextosemFormatao1" align="justify">2. Divulgar o artigo e seu conteúdo desde que seja feito o link para o Artigo no website da RBN, sendo permitida sua divulgação em:</p> <ul> <li class="show">redes fechadas de instituições (intranet).</li> <li class="show">repositórios de acesso público.</li> </ul> <p>3. Elaborar e divulgar obras derivadas do artigo e de seu conteúdo desde que citada a fonte original da publicação pela RBN.</p> <p>4. Fazer cópias impresas em pequenas quantidades para uso pessoal.</p> Lista dos carrapatos (Acari, Argasidae) em “bat caves”, incluindo novos registros de ocorrência de espécie no bioma Caatinga https://revistas.ufg.br/RBN/article/view/68972 <p>Padrões de distribuição de espécies são aspectos importantes da biogeografia e da conservação e são especialmente importantes em ambientes que tem sido poucos investigados, tais como as cavernas da região semiárida do nordeste do Brasil. Nós coletamos argasídeos do guano de morcegos insetívoros em cinco cavernas do bioma Caatinga e identificamos seis espécies de carrapatos dos gêneros <em>Antricola</em> e <em>Ornithodorus</em>. <em>Ornithodoros rodoniensis </em>foi registrada pela primeira vez no bioma Caatinga, tendo sido registrada apenas na Amazonia até o momento.</p> Thais Giovannini Pellegrini Leopoldo Ferreira de Oliveira Bernardi Gabriel de Souza Ghedin Mirella Lima Costa Maykon Vinicius Alves da Silva Luciana Iannuzzi Copyright (c) 2022 Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2022-01-11 2022-01-11 19 1 First First Cuniculus paca Linnaeus, 1766 (Cuniculidae, Rodentia) no Holoceno da Gruta Cuvieri, Brasil https://revistas.ufg.br/RBN/article/view/69286 <p>A região de Lagoa Santa é conhecida pelo importante complexo de cavernas, sendo que em muitas delas encontra-se material osteológico de fauna extinta e atual. A Gruta Cuvieri faz parte deste importante complexo cárstico e possui grande quantidade de restos de roedores do Quaternário, sendo que a família Cuniculidae é a que apresentou os maiores espécimes. O presente estudo comenta os restos de <em>Cuniculus paca</em> de idade holocênica da Gruta Cuvieri. Os restos são do Holoceno Médio e Final e incluem três indivíduos adultos desarticulados e incompletos. O aparecimento desta espécie ocorre simultaneamente com o aumento de umidade na região de Lagoa Santa. Ocorrências dessa espécie em sítios arqueológicos e paleontológicos de idade holocênica são comuns, mas pouco divulgadas, e a publicação dessas ocorrências poderá contribuir futuramente para estudos evolutivos de Cuniculidae no território brasileiro.</p> Artur Chahud Copyright (c) 2022 Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology http://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0 2022-01-07 2022-01-07 19 1 1 8 10.5216/rbn.v19i1.69286