EM TORNO DA LETRA: LINGUAGEM, ENSINO E SUBJETIVIDADE

Autores

  • Cristóvão Giovani Burgarelli Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v37i1.18862

Resumo

Pretendo, com este artigo, indagar, mais uma vez, dando sequência a pesquisas anteriores dentro da temática linguagem, psicanálise e educação, sobre o que está em jogo quando se propõe a pensar a entrada da criança na linguagem. Considerando mais especificamente o processo escolar de alfabetização, tentarei discutir a função do texto bem como o jogo desejante que sua materialidade poderá constituir, o qual se aproxima do processo inconsciente em que se pode situar a subjetividade. Primeiramente vou considerar algumas questões introduzidas por Borges (2006) sobre o processo de alfabetização e o papel do texto. Num segundo momento, procurarei uma maior implicação com os conceitos fundamentais da psicanálise, objetivando poder discutir a questão da subjetividade. Por fim, pretendo tomar os três itens do título, linguagem, ensino e subjetividade, em seu enodamento irredutível, o que me permitirá discutir os três elementos principais envolvidos na trama educativa, criança, professor e texto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-08

Como Citar

BURGARELLI, C. G. EM TORNO DA LETRA: LINGUAGEM, ENSINO E SUBJETIVIDADE. Revista Inter Ação, Goiânia, v. 37, n. 1, p. 15–26, 2012. DOI: 10.5216/ia.v37i1.18862. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/view/18862. Acesso em: 3 out. 2022.