Levantamento florístico das Pteridófitas (Lycophyta e Monilophyta) do Parque Ambiental de Belém (Belém, Pará, Brasil)

Autores

  • Jeferson Miranda Costa
  • Maria Goreti Coelho de Souza
  • Márcio Roberto Pietrobom

DOI:

https://doi.org/10.5216/rbn.v3i1.2812

Palavras-chave:

Floristics, Pará, Parque Ambiental de Belém, Pteridophytes, Amazon Region.

Resumo

Este tra balho a pre senta uma li sta gem da s pterid ófita s (Lycophyta e Monilophyta) do Parque Ambiental de Belém (Município de Belém - Pará). Este Parque localiza-se numa Área de Proteção Ambiental , representando um dos últimos remane scente s florestais relativamente con ser vado s da re gião metropolitana de Belém. Mediante coletas realizadas de outubro de 2002 a janeiro de 2004 foram registradas 18 famílias, 30 gêneros e 49 espécies, sendo que as famílias mais representativas foram Polypodiaceae e Hymenophyllaceae, ambas com seis espécies cada, seguidas por Pteridaceae com cinco espécies. Os gêneros com o maior número de espécies foram Trichomanes L., com cinco, seguido de Cyathea Sm., Microgramma C. Presl, Thelypteris Schmidel, Nephrolepis Schott e Lindsaea Dryand., cada um dos quais com três espécies. São citadas pela primeira vez para o Estado do Pará Danaea trifoliata Kunze e Lindsaea divaricata Klotzsch e para a Região Norte Cyclodium heterodon (Schrad.) T. Moore var. abbreviatum (Presl) A.R. Sm. e Thelypteris chrysodioides (Fée) C.V. Morton.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeferson Miranda Costa

Museu Paraense Emílio Goeldi, Coordenação de Botânica, CBO, Av. Perimetral 1901, Terra Firme, 66017-970, Belém do Pará, Brasil; e-mail: jmcbiomat@hotmail.com

Maria Goreti Coelho de Souza

Secretaria Executiva de Educação (SEDUC-PA), Belém do Pará, Brasil.

Márcio Roberto Pietrobom

Museu Paraense Emílio Goeldi, Coordenação de Botânica, CBO, Av. Perimetral 1901, Terra Firme, 66017-970, Belém do Pará, Brasil.

Referências

Cain, S. A., G. M. O. Castro & J. M. Pires. 1956. Composition and struture of terra Firme rain forest at Mocambo, Belém, Pará. Amer. J. Bot. 43: 915-941.

Crane, E. H. 1997. a revised circumscription of the genera of the fern family Vittariaceae. syst. Bot. 22(3): 509-517.

Judd, W. S., C. S. Campbell, E. A. Kellogg, P. F. Stevens & M. J. Donoghue. 2002. Plant systematics: a Phylogenetic approach. sinauer associates, inc., Sunderland, Ma.

Kenrick, P. & P. R. Crane. 1997. the origin and early diversification of land plants: a cladistic study. smithsonian Press, Washington, d.C., Usa.

Kramer, K. U. & P. S. Green. 1990. Pteridophytes and Gymnosperms. vol. i. in: K. Kubitzki (Ed.), the families and genera of vascular plants. springer-verlag, Berlin, 404p.

Lellinger, D. B. 1987. the disposition of Trichopteris (Cyatheaceae). amer. Fern. J. 77(3): 90-94.

PARÁ. 1994. secretaria de Estado de Ciência, tecnologia e Meio ambiente. Parque ambiental de Belém: plano de manejo. Belém: SECTAM. 86p.

Pichi-Sermolli, R. E. G. 1996. authors of scientific names in Pteridophyta. Kew: Royal Botanical. 78 p.

Prado, J. 2003. Revisões e monografias como base para análise da diversidade, o quanto conhecemos sobre a nossa flora. p. 278-279. In: Congresso Nacional de Botânica, 54, Belém. Belém: MPEG, UFRa; EMBRAPA.

Pryer, K. M., H. Schneider, A. R. Smith, R. Cranfill, P. G. Wolf, J. S. Hunt & S. D. Sipes. 2001. Horsetails and ferns are a monophyletic group and the closest li- ving relatives to seed plants. Nature. 409: 618–622.

Pryer, K. M., E. Schuettpelz, P. G. Wolf, H. Schneider, A. R. Smith & R. Cranfill. 2004. Phylogeny and evolution of ferns (Monilophytes) with a focus on the early leptosporangiate divergences. Amer. J. Bot. 91(10): 1582–1598.

Rodrigues, S. T., S. S. Almeida, L. H. C. Andrade, I. C. L. Barros, & M. E. Van Den Berg. 2004. Composição flflorística e abundância de pteridófitas em três ambientes da bacia do Rio Guamá, Belém, Pará, Brasil. Acta Amaz. 34: 35-42.

Sampaio, A. J. 1930. Eufilicíneas do Rio Cuminá. Arquivos do Museu Nacional p. 8-60.

Smith, A. R. 1992. thelypteridaceae. In: Tryon, R.M. & R.G. Stolze (Eds.), Pteridophyta of Peru. Fieldiana, Bot. 29: 1-80.

Windisch, P. G. 1992. Pteridófitas da região norte-ocidental do Estado de são Paulo – Guia para excursões. 2a ed. Editora Universitária-UNESP, São José do Rio Preto.

Downloads

Publicado

13-12-2007

Como Citar

COSTA, J. M.; SOUZA, M. G. C. de; PIETROBOM, M. R. Levantamento florístico das Pteridófitas (Lycophyta e Monilophyta) do Parque Ambiental de Belém (Belém, Pará, Brasil). Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology, Goiânia, v. 3, n. 1, p. 4–12, 2007. DOI: 10.5216/rbn.v3i1.2812. Disponível em: https://revistas.ufg.br/RBN/article/view/2812. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)