Quer brincar de charadas? Possibilidades de uso do jogo CharadesApp para ampliação e prática lexical de repertórios em língua inglesa

Autores

  • Barbra Sabota Universidade Estadual de Goiás (UEG)
  • Sarah da Silva Araújo

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v30i2.65118

Resumo

A presença das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação em nossa sociedade tem nos impelido a refletir sobre seu uso em situações que envolvem o contexto educacional. Neste estudo bibliográfico documental discorremos sobre a possibilidade de ampliação lexical e prática lúdica de repertórios léxico-semânticos em Língua Inglesa por meio do jogo interativo gratuito CharadesApp. Na análise do aplicativo com esta finalidade, recorremos à tabela proposta por SABOTA e PEREIRA (2017) elaborada para análise qualitativa de ferramentas digitais. Concluímos que há substantivas oportunidades de uso do aplicativo para aprendizagem e prática do idioma de modo lúdico, havendo, assim, indicação para seu uso como ferramenta educativa complementar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Barbra Sabota, Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Doutora em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Professora na Universidade Estadual de Goiás (UEG), no curso de Letras e no Mestrado Interdisciplinar em Educação, Linguagens e Tecnologias (PPG-IELT - UEG), Campus Anápolis/GO.

Sarah da Silva Araújo

Mestra em Educação, Linguagens e Tecnologias pela Universidade Estadual de Goiás (PPG-IELT - UEG). Campus Anápolis/GO.

Downloads

Publicado

2020-08-19

Como Citar

SABOTA, B.; DA SILVA ARAÚJO, S. Quer brincar de charadas? Possibilidades de uso do jogo CharadesApp para ampliação e prática lexical de repertórios em língua inglesa. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 30, n. 2, p. 256–279, 2020. DOI: 10.5216/rp.v30i2.65118. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/65118. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Dossiê: Tecnologias digitais e ensino na educação básica