Conversas entre meninas e engenheiras: semeando oportunidades para a igualdade de gênero

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v22.73708

Resumo

Esta ação visou sensibilizar a comunidade escolar em três escolas públicas sobre a importância de ações de estímulo à participação de meninas nas Engenharias ainda na fase do Ensino Fundamental e Médio. Assim, este artigo objetiva apresentar a experiência desse projeto e seu impacto nas escolas parceiras. Para saber a percepção da comunidade escolar, foram aplicados questionários ao final de cada atividade realizada. As educadoras e bolsistas envolvidas no projeto participaram de entrevistas semiestruturadas. Os procedimentos de coleta de dados passaram pela aprovação no Comitê de Ética. Como resultado, verificou-se que, embora as atividades tenham sido consideradas positivas pelas comunidades escolares, o maior impacto deu-se nas docentes e discentes da UFG que conduziram o projeto, pois consistiu-se num processo de formação que gerou oportunidades de inovação nas atividades didático-pedagógicas e na alteração de suas percepções a respeito do sistema educacional de escolas públicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

 Bárbara Santana Dias, Escola Municipal Maria da Terra (EMMT), Goiânia, Goiás, Brasil, barbara.santanadias@gmail.com

 

 

 

 

Downloads

Publicado

26-12-2022

Como Citar

MASCARENHA, M. M. dos A.; HORA, K. E. R.; JESUS, A. S. de; DIAS, BárbaraS..; RIOS, K. C. R. C. Conversas entre meninas e engenheiras: semeando oportunidades para a igualdade de gênero . Revista UFG, Goiânia, v. 22, n. 28, 2022. DOI: 10.5216/revufg.v22.73708. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/73708. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos