Con te partirò

Cruzeiros turísticos: paisagens sonoras e musicais em trânsito

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v23.74238

Palavras-chave:

paisagem sonora, cartões postais sonoros, cruzeiros marítimos, Muzak

Resumo

A partir do conceito de “paisagem sonora” (Schafer, 2001) estuda-se o papel das trilhas musicais nos cruzeiros turísticos e sua função como entretenimento, no âmbito de uma “cultura de lazer” (Morin, 1969). Apresentam-se algumas generalidades sobre os cruzeiros desde a Belle Époque, do apogeu ao declínio e o revival a partir do final do século XX. A partir de registros coletados no circuito Prata, analisa-se como se dão as formas de escuta e consumo musical. Sendo as trilhas musicais componentes da paisagem sonora e, consequentemente, da vida cotidiana este estudo se justifica, à medida que contribui para melhor compreender a contemporaneidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heloisa de Araújo Duarte Valente, Universidade Paulista (UNIP), São Paulo SP, Brasil, whvalent@terra.com.br

licenciada em música, mestre e doutora em comunicação e semiótica (PUC-S)), pós-doutora em cinema, rádio e televisão (CTR/ ECA-USP). Doutorado sanduíche na EHESS (Paris). Fundadora e líder do Centro de Estudos em Música e Mìdia.

Downloads

Publicado

2023-12-18

Como Citar

VALENTE, H. de A. D. Con te partirò: Cruzeiros turísticos: paisagens sonoras e musicais em trânsito. Música Hodie, Goiânia, v. 23, 2023. DOI: 10.5216/mh.v23.74238. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/74238. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos