Produção científica sobre musicoterapia:

uma revisão bibliométrica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v23.72628

Palavras-chave:

Musicoterapia., Bibliometria, Pesquisa, Produção e Publicação

Resumo

Revisão bibliométrica, exploratória e quantitativa. O objetivo foi analisar a dispersão bibliométrica de autores, da rede de coautoria, dos periódicos e das palavras-chave sobre o tema musicoterapia no período de 2002 a 2022. Buscas nas bases de dados Web of Science e Scopus, com os descritores ‘Musicoterapia’ e ‘Music Therapy’. Os resultados apontaram o crescimento da produtividade sobre o tema e a revista NJMT é a mais produtiva. O Brasil está em 7º lugar entre os 20 principais países sobre musicoterapia e o mais produtivo da América Latina. A UFMG está em 16ª lugar entre as organizações impulsionadoras de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gislaine Cristina Vagetti, Universidade Estadual do Paraná (UFPR), Curitiba, Paraná, Brasil, gislainevagetti@hotmail.com

Doutora em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná - UFPR (2012). Mestrado com pesquisa em processo ensino-aprendizagem na educação física para idosos, pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (2006). Professora Associada da Universidade Estadual do Paraná, Curitiba, Campus II, onde ministra as disciplinas: Crescimento e Desenvolvimento Humano; Consciência Corporal; Metodologia da Pesquisa e Escrita de Artigo Científico. Orienta Iniciação Científica na UNESPAR, com apoio do CNPq e Fundação Araucária. Professora do Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação (UFPR), na linha Cognição Aprendizagem e Desenvolvimento Humano, com o projeto Educação, Cognição e Qualidade de vida no Envelhecimento humano. 

Rosemyriam Ribeiro dos Santos Cunha, Universidade Estadual do Paraná (UFPR), Curitiba, Paraná, Brasil, rose05@uol.com.br

Graduada em Licenciatura em Música pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (1978) e em Musicoterapia pela Faculdades de Artes do Paraná (1995). Especialista em Gerontologia pela Universidade Tuiuti e em Psicopedagogia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, também titulada Gerontóloga pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia.Concluiu o mestrado em Psicologia da Infância e da Adolescência pela Universidade Federal do Paraná (2003) e o doutoramento em Educação pela Universidade Federal do Paraná (2008). Em 2011 fez estágio de Pós-Doutorado na McGill University em Montreal, Canadá na área de Eduação Musical. Atualmente atua como professora associada da UNESPAR, Campus de Curitiba II - Faculdade de Artes do Paraná (FAP), no curso de Musicoterapia. É responsável pelas disciplinas que evolvem a pesquisa em Musicoterapia e o estudo do fazer musical em grupo e processos grupais em Musicoterapia.

Gerson Flores-Gomes, Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba, Paraná, Brasil, ggomes.ufpr@gmail.com

Doutorando em Educação na Linha de Pesquisa Cognição, Aprendizagem e Desenvolvimento Humano - UFPR (CAPES 7), pertencente ao Grupo de Pesquisa em Envelhecimento Humano - GPEH da Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR, orientado pela Prof. Dra. Gislaine Cristina Vagetti. Mestre em Educação pela UFPR (CAPES 7), Pós-graduado em MBA em Logística e Supply Chain Management pela UniRitter/RS, Graduado em Gestão Estratégica das Organizações, com foco em Gestão financeira pela UNISUL/SC. Graduando em Pedagogia - Licenciatura, pela UniRitter/RS. Docente em Educação Empreendedora, Administração, Logística, Inovação e Qualidade Total em cursos de educação profissionalizante de nível técnico. Docente em metodologia da pesquisa científica em cursos superiores. Foi sócio da REGER Consultoria Empresarial, atuando como consultor na área de gestão empresarial, logística, T&D e RH

Carlos Fernando França Mosquera , Universidade Estadual do Paraná (UFPR), Curitiba, Paraná, Brasil, carlos.mosquera@unespar.edu

Possui doutorado em Fisiologia do Exercício pela Universidade Católica San Antonio de Murcia (UCAM/2006). Pós-doutor pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP/2018). Atualmente é professor Associado da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR/Campus Curitiba II). Professor do Programa de Pós- Graduação Stricto Sensu, Mestrado Profissional em Educação Inclusiva - PROFEI. Professor convidado da FAE/Business School. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em EDUCAÇÃO ESPECIAL, atuando principalmente nos seguintes temas: Pessoas com Deficiência (PcD), Deficiência Visual, Distúrbios Psicomotores e Esportes Adaptados.

Andressa Dias Arndt, Universidade Estadual do Paraná (UFPR), Curitiba, Paraná, Brasil, andressa.arndt@unespar.edu.br

Possui graduação em Musicoterapia pela Universidade Estadual do Paraná-Faculdade de Artes do Paraná. Doutora em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC. Mestre em Psicologia pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC. Especialista em Formação Pedagógica do Professor Universitário pela Pontifícia Universidade Católica PUC-PR. Trabalha como professora adjunta na Universidade Estadual do Paraná Campus de Curitiba II. É membro do NEPIM (Núcleo de Pesquisas Interdisciplinares em Musicoterapia). Atuando principalmente nas seguintes áreas: musicoterapia e docência.

Downloads

Publicado

2023-07-10

Como Citar

CRISTINA VAGETTI, G.; RIBEIRO DOS SANTOS CUNHA, R.; FLORES-GOMES, G.; FERNANDO FRANÇA MOSQUERA , C.; DIAS ARNDT, A. Produção científica sobre musicoterapia:: uma revisão bibliométrica. Música Hodie, Goiânia, v. 23, 2023. DOI: 10.5216/mh.v23.72628. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/72628. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos