Aproximações Culturais nas Pedagogias Musicais de Dalcroze, Kodály, Willems e Orff

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v22.71134

Palavras-chave:

Pedagogias musicais europeias. Multiculturalismo. Interculturalidade.

Resumo

As formas de difusão das pedagogias musicais europeias da primeira metade do século XX são multifacetadas. São notáveis as pedagogias de Dalcroze, Kodály, Willems e Orff não apenas em seus países de origem. Este trabalho visa contextualizar as referidas pedagogias, problematizando-as em uma perspectiva intercultural e reconfigurando suas potencialidades nas práticas pedagógico-musicais atuais. Por meio de uma pesquisa bibliográfica, buscou-se elucidar os assuntos ligados às múltiplas dimensões da interface entre educação e interculturalidade, e às pedagogias musicais europeias. Concluímos que Dalcroze, Kodály, Willems e Orff consolidam práticas musicais vivas, constroem pontes para atividades pessoais de criação e delineiam experiências musicais significativas na atualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nilceia Silveira Protásio, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, nilceiaprotasio@gmail.com

Bacharel em Piano, pela Universidade Federal de Goiás, e mestre e doutora em Educação, pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Professora adjunta da Universidade Federal de Goiás, atua na graduação e na pós-graduação, especialmente com práticas de ensino de música e metodologia da pesquisa. Desenvolve pesquisas na área de educação musical, contemplando temáticas ligadas à formação de professores, metodologia do ensino de música e música no contexto escolar. É coordenadora da área de Música do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) da Universidade Federal de Goiás.

Downloads

Publicado

2022-09-28

Como Citar

PROTÁSIO, N. S. Aproximações Culturais nas Pedagogias Musicais de Dalcroze, Kodály, Willems e Orff. Revista Música Hodie, Goiânia, v. 22, 2022. DOI: 10.5216/mh.v22.71134. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/71134. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos