El canto colectivo: placentera herramienta para el enriquecimiento musical del coralista

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v22.69811

Palavras-chave:

cantoria, cançao coletiva, coro, enriquecimento musical

Resumo

Este trabalho analisa os benefícios que a prática do canto coletivo traz aos coristas na perspectiva do enriquecimento musical, incentivando a promoção de conhecimentos compartilhados que podem ser transferidos para diferentes áreas da vida. O processo analítico da informação corresponde a um desenho misto não experimental, descritivo e correlacional baseado em técnicas de inquérito, sendo os dados quantitativos e qualitativos tratados, analisados ​​e interpretados através de estratégias adequadas à natureza da informação. Os resultados obtidos fornecem uma forte resposta sobre a percepção de benefícios no aspecto proposto, sendo possível observar a notória influência que esta prática exerce na aquisição e promoção de habilidades musicais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Carlos Benito Martínez, Universidad Córdoba, Andalucía, España, racabema@gmail.com

Doutor com menção Cum Laude pela Universidade de Córdoba, exerce seu trabalho docente na Área de Expressão Artística dessa Universidade. É Coordenador do Curso de Graduação e esteve na Especialidade de Educação Musical durante a experiência piloto de adaptação para o Espaço Europeu de Educação Superior (EHEA). De 2007 a 2016 foi Orientador Acadêmico. Desde 2017, também coordena o Plano de Ação Tutorial da Universidade. Lecionou com o Título de Especialista em Formação de Professores do Ensino Fundamental e foi diretor musical de diversos Projetos de Inovação desenvolvidos na Universidade de Córdoba em várias edições. Colabora em projetos de natureza semelhante (IDHEA) e é codiretor de Atividades Acadêmicas em Convênios com Centros Hospitalares (Reina Sofia, Hermanos Franciscanos de ´cruz Blanca, San Jjuan de Dios).

Ana Belén Cañizares Sevilla, Facultad de Ciencias de la Educación de Córdoba, España, racabema@gmail.com

Graduado em Filosofia e Letras (seção Geografia e História), Doutor em História De arte. Pertence ao Corpo de Professores do Ensino Médio, em licença fazer parte da Área de Didática da Expressão Musical, no Departamento de Educação Artística e Corporal da Faculdade de Ciências da Educação da UCO, onde atua como Professora Doutora Contratada. Professor de Educação Musical, nas séries infantil e primária, programas de Doutorado e Mestre em Formação de Professores do Ensino Médio. Em Este último foi o coordenador do Módulo de Música específico. Ela é coordenadora do Grau do Ensino Fundamental. Diretor e palestrante de cursos de Formação de Professores em Centros de Professores, convocado pelo Departamento de Ciência e Ciência da Junta de Andalucía; de extensão Universidade; de Formação de Professores da UCO; e Corduba, entre outros. Além disso, desenvolve atividade de investigação na área da História da Música. Espanhol (intérpretes vocais do século XX: Tenor Pedro Lavirgen; 25 anos do Coro Ópera de Córdoba), a educação vocal e sua didática em diversos níveis educacional, bem como seu papel na formação de valores. Ela é co-autora de 20 livros de textos e suas propostas didáticas para alunos do ensino médio.

Ignacio González López, Universidad Córdoba, Andalucía, España, ed1goloi@uco.es

Pertence ao órgão nacional de professores universitários, concedido pela Agência Nacional de Avaliação e Acreditação da Qualidade. Com experiência docente desde 2001. Colabora com o grupo GE2O da Universidade de Salamanca e coordena o grupo SEJ049 da Junta de Andalucía), assumindo responsabilidades docentes em disciplinas de graduação e pós-graduação relacionadas com métodos de investigação. Realizou diversas estadias no exterior de caráter docente e de pesquisa, destacando-se as realizadas no Centro Experimental da Universidade Nacional Pedagógica Francisco Morazán (Tegucigalpa, Honduras), na Comissão Nacional de Avaliação Universitária (Buenos Aires, Argentina), na Universidade Nacional Aberta da Venezuela (Caracas, Venezuela), a Universidade de Florença (Itália), a Universidade Holly Cross (Kielce, Polônia), a Universidade de Concepción (Chile) e os Campos de Refugiados Sahrawi de Ausserd (Argel, Argélia). Participa em diversos projectos de investigação como coordenador (Programa de Estudos e Análises do Ministério da Educação e Ciência, Unidade para a Qualidade das Universidades da Andaluzia, etc.) e como investigador (Programa de I&D do Ministério da Educação e Ciência, Programa de Excelência da Junta de Andalucía, Comissão Europeia, etc.), relacionada com a avaliação institucional universitária, padrões de medição educacional e avaliação por competências.

Publicado

2022-06-12

Como Citar

BENITO MARTÍNEZ, R. C.; CAÑIZARES SEVILLA, A. B.; GONZÁLEZ LÓPEZ, I. El canto colectivo: placentera herramienta para el enriquecimiento musical del coralista. Revista Música Hodie, Goiânia, v. 22, 2022. DOI: 10.5216/mh.v22.69811. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/69811. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos