LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO E A GARANTIA DO DIREITO À EDUCAÇÃO: CONTRIBUIÇÕES DE PESQUISAS SOBRE A ATUAÇÃO DE SEUS EGRESSOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v47i2.72097

Resumo

O artigo apresenta resultados de pesquisas sobre a atuação de egressos(as) dos cursos de Licenciatura em Educação do Campo de instituições federais das regiões Norte, Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, objetivando demonstrar a importância dos cursos em defesa da  garantia  do direito à Educação para os sujeitos camponeses. Adotou-se a metodologia de análise documental de teses e dissertações sobre os egressos das LEdoCs, de artigos publicados que tratam dessa temática, além dos Projetos Políticos Pedagógicos dos cursos analisados. Os resultados evidenciam a importância da Licenciatura em Educação do Campo nos territórios em foco, ao ampliar o acesso à Educação Superior com uma significativa oferta de vagas direcionadas aos sujeitos camponeses, bem como a importância desses cursos de formação no processo de produção de conhecimento.

PALAVRAS-CHAVE: Educação do Campo. Formação de Educadores. Direito à Educação. Egressos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Castagna Molina, Universidade de Brasília (UnB), Brasília, Distrito Federal, Brasil, mcastagnamolina@gmail.com

Pós-Doutorado em Educação pela UniCamp (2013). Professora Associada da Universidade de Brasília (UnB), da Licenciatura em Educação do Campo, do Programa de Pós-Graduação em Educação, e do Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, da FUP-UnB. Desenvolve pesquisa sobre  Educação do Campo, Formação de Educadores, Políticas Públicas, Reforma Agrária, Desenvolvimento Sustentável.

Salomão Antônio Mufarrej Hage, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém, Pará, Brasil, salomaohage53@gmail.com

Doutor pela Universidade de Wisconsin-Madison (1999) e Doutor em Educação: Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). É professor do Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará e docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Programa de Linguagens e Saberes da Amazônia. Em pesquisas na área de Educação, privilegia as seguintes temáticas: educação do campo, políticas educacionais, educação de jovens e adultos, currículo e formação de professores na Amazônia.

Maria de Fátima Almeida Martins, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, falmartins.ufmg@gmail.com

Pós-doutoramento em Educação (2020). Atualmente é professora Titular da Universidade Federal de Minas Gerais, na Faculdade de Educação. Desenvolve pesquisa sobre Educação do Campo, Territórios e comunidades tradicionais.

Marcelo Fabiano Rodrigues Pereira, Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEE-DF), Brasília, Distrito Federal, Brasil, marcelo.fabiano@edu.se.df.gov.br

Doutor em Educação pela Universidade  de Brasília. É professor da Secretaria de Educação do Distrito Federal atuando no nível de coordenação intermediária. Na área de Educação, desenvolve pesquisas no âmbito da Formação de Professores; Educação do Campo, Interdisciplinaridade/formação por área do conhecimento e Organização do Trabalho Pedagógico.

Downloads

Publicado

2022-08-31

Como Citar

MOLINA, M. C. .; HAGE, S. A. M.; MARTINS, M. de F. A. .; PEREIRA, M. F. R. . LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO E A GARANTIA DO DIREITO À EDUCAÇÃO: CONTRIBUIÇÕES DE PESQUISAS SOBRE A ATUAÇÃO DE SEUS EGRESSOS. Revista Inter Ação, Goiânia, v. 47, n. 2, p. 458–475, 2022. DOI: 10.5216/ia.v47i2.72097. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/view/72097. Acesso em: 8 dez. 2022.