FORMAÇÃO DE EDUCADORES DO CAMPO: O CASO DO PROGRAMA ESCOLA DA TERRA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v47i2.71925

Resumo

A formação de educadores do campo, diante dos retrocessos do tempo presente, é a temática central deste artigo. Primeiramente, compreendemos que eles são importantes agentes para desvelar os discursos do agronegócio quanto à sustentabilidade da agricultura. Posteriormente, abordamos a importância da política pública Escola da Terra, no estado do Paraná, para a formação continuada de educadores como construtores da agroecologia. A formação de educadores do campo, nessa perspectiva, não é imparcial e está comprometida com a valorização e continuidade do Campo da agricultura camponesa e o combate do Campo do agronegócio, logo, está articulada à luta por outro projeto de sociedade.

PALAVRAS-CHAVE: Agroecologia. Agronegócio. Escola da Terra. Formação de Educadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Cristina Hammel, Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Laranjeiras do Sul, Paraná, Brasil, ana.hammel@uffs.edu.br

É professora da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Laranjeiras do Sul/PR, onde atua nos cursos de Licenciatura em Educação do Campo, Ciências Sociais e Humanas e Ciências da Natureza. É doutora em História pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) e mestra em Educação pela mesma universidade. Entre os temas que pesquisa, encontram-se: Questão Agrária, Educação do Campo e Formação de Professores.

Tânia Mara de Bastiani, Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (UNICENTRO), Guarapuava, Paraná, Brasil, taniamaradb@gmail.com

É professora colaboradora da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (UNICENTRO), em Guarapuava/PR, onde atua no curso de “Licenciatura em pedagogia: docência na Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental no contexto do campo”. É mestra em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e doutora em História pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE). Entre os temas que pesquisa, encontram-se: Questão agrária no Brasil, Movimentos sociais do campo e Educação do campo.    

Downloads

Publicado

2022-08-31

Como Citar

HAMMEL, A. C.; BASTIANI, T. M. de . FORMAÇÃO DE EDUCADORES DO CAMPO: O CASO DO PROGRAMA ESCOLA DA TERRA. Revista Inter Ação, Goiânia, v. 47, n. 2, p. 563–579, 2022. DOI: 10.5216/ia.v47i2.71925. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/view/71925. Acesso em: 8 dez. 2022.