O COTIDIANO DE CRIANÇAS POMERANAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Autores

  • Myrna Gowert Madia Berwaldt Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, myrnaberwaldt@yahoo.com.br https://orcid.org/0000-0003-1165-810X
  • Gabriela Medeiros Nogueira Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, gabynogueira@me.com https://orcid.org/0000-0002-6985-064X

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v46i2.67811

Resumo

Este artigo apresenta dados de uma pesquisa que teve por objetivo conhecer como um grupo de crianças pomeranas vivenciou a cultura lúdica e enfrentou os desafios no cotidiano, em uma turma de nível II da Educação Infantil de uma escola de Ensino Fundamental, ao longo de 2019. A investigação foi realizada por meio da análise de documentos e da etnografia, tendo a sociologia da infância como referencial teórico. Dentre os resultados encontrados, observamos que a língua foi um fator impactante no processo de inserção na escola, pois dois terços das crianças falavam apenas a Língua Pomerana e um terço era bilíngue em português e pomerano. No decorrer do ano, a Língua Portuguesa foi prevalecendo, o que teve como consequência o silenciamento da Língua Pomerana, caracterizando uma relação de subordinação de uma cultura à outra.

PALAVRAS-CHAVE: Crianças e Infância. Comunidade Pomerana. Educação Infantil. Cultura Lúdica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Myrna Gowert Madia Berwaldt, Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, myrnaberwaldt@yahoo.com.br

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Graduada em Pedagogia pela mesma universidade. Pesquisadora do Grupo de Estudo e Pesquisa em Alfabetização e Letramento - GEALI.

Gabriela Medeiros Nogueira, Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, gabynogueira@me.com

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Pelotas – UFPEL. Realizou Pós-doutorado na University of Illinois at Urbana-Champaign – UIUC, em 2016 e na University of Canterbury – UC na Nova Zelândia, em 2019. Professora no Instituto de Educação da Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e no Programa de Pós-graduação em Educação da mesma universidade. Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Alfabetização e letramento – GEALI, é pesquisadora no Núcleo de Estudo e Pesquisa em Educação da Infância – NEPE/FURG e no Grupo de pesquisa em História da Alfabetização, Leitura, Escrita e dos Livros Escolares – HISALES/UFPEL.

Downloads

Publicado

31-08-2021

Como Citar

Berwaldt, M. G. M. ., & Nogueira, G. M. (2021). O COTIDIANO DE CRIANÇAS POMERANAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Revista Inter Ação, 46(2), 556–576. https://doi.org/10.5216/ia.v46i2.67811