AS INFLUÊNCIAS DA FILOSOFIA NATURAL E DA NATURPHILOSOPHIE NA CONSTITUIÇÃO DO DARWINISMO: ELEMENTOS PARA UMA FILOSOFIA DA GEOGRAFIA FÍSICA MODERNA - DOI 10.5216/bgg.v29i1.6172

Autores

  • Antonio Carlos vitte UNCAMP

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v29i1.6172

Palavras-chave:

Darwinismo, Naturphilosophie, Teoria da Evolução, Espaço, Geografia Física.

Resumo

Esse trabalho argumenta que a teoria da evolução de Charles Darwin sofreu forte influência da naturphilosophie de Schelling e Hegel, representando um avanço positivo nas concepções de teleologia da natureza. Fortemente influenciado pelas obras de Alexander von Humboldt, de Werner e pelas pesquisas no campo da paleontologia, a Teoria da Evolução, concebeu a transformação dos organismos e a sua especiação a partir determinantes geográficos e temporais. Ideologicamente influenciado por Lyell, que acreditava na hipótese da vera causa, Darwin relegou a matriz espacial e concentrou suas argumentações nas mudanças temporais, basicamente climáticas, como determinante da evolução. Os impactos da teoria da evolução atingem tanto o campo da geografia física, quanto da geografia humana, influenciando fortemente na postura metodológica das pesquisas geográficas, mas chamando a atenção para a complexidade das relações entre o espaço e tempo que estão em constante mudança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Carlos vitte, UNCAMP

Professor do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia, IG-Unicamp. Pesquisador CNPq

Downloads

Publicado

2009-07-16

Como Citar

VITTE, A. C. AS INFLUÊNCIAS DA FILOSOFIA NATURAL E DA NATURPHILOSOPHIE NA CONSTITUIÇÃO DO DARWINISMO: ELEMENTOS PARA UMA FILOSOFIA DA GEOGRAFIA FÍSICA MODERNA - DOI 10.5216/bgg.v29i1.6172. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 29, n. 1, p. 13–32, 2009. DOI: 10.5216/bgg.v29i1.6172. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/6172. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos