UM TERRITÓRIO INDIFERENCIADO DOS SERTÕES: A GEOGRAFIA PRETÉRITA DO OESTE BAIANO (1501-1827) - DOI 10.5216/bgg.v29i1.6059

Autores

  • Paulo Roberto Baqueiro Brandão Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v29i1.6059

Palavras-chave:

Dinâmica territorial, Geografia Histórica, Oeste Baiano.

Resumo

O que se considera genericamente como Oeste Baiano – diferentemente da Região Econômica Oeste da Bahia – corresponde ao vasto território formado pelos municípios localizados na margem esquerda do Rio São Francisco, no domínio do cerrado. São, ao todo, trinta e cinco municípios que ocupam uma área de 183 mil km2, correspondendo a um percentual pouco inferior aos 35% da extensão territorial do Estado da Bahia. Esta delimitação regional, absolutamente clara quando utilizada para designar os espaços de apropriação mais recente pelo poder estatal baiano, possui frágil assimilação identitária, o que suscita discussões as mais diversas sobre a pertinência do Oeste como região partícipe da dinâmica territorial do estado, já que, historicamente, foi considerado um espaço alheio à realidade cultural e econômica do restante da Bahia, estando pouco integrada, portanto. Neste sentido, o texto ora apresentado busca cumprir o objetivo de compreender, através do instrumental metodológico de análise pela via da longa duração, a formação territorial e socioeconômica da região antes chamada de “Além São Francisco” nos primeiros 326 anos de apropriação lusitana e brasileira.

Palavras-chaves:

 

Dinâmica territorial. Geografia histórica. Oeste Baiano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Roberto Baqueiro Brandão, Universidade Federal da Bahia

Graduado e mestre em Geografia pela Universidade Federal da Bahia, doutorando do Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal de Pernambuco, Professor Assistente do Curso de Geografia da Universidade Federal da Bahia, Campus Professor Edgard Santos, em Barreiras (Bahia).

Downloads

Publicado

2009-07-16

Como Citar

BRANDÃO, P. R. B. UM TERRITÓRIO INDIFERENCIADO DOS SERTÕES: A GEOGRAFIA PRETÉRITA DO OESTE BAIANO (1501-1827) - DOI 10.5216/bgg.v29i1.6059. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 29, n. 1, p. 47–56, 2009. DOI: 10.5216/bgg.v29i1.6059. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/6059. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos