O primeiro registro de Melipona (Michmelia) rufiventris Lepeletier, 1836 no município de Sacramento, Minas Gerais, Brasil

Autores

Palavras-chave:

espécie endêmica, Cerrado, abelha sem ferrão

Resumo

Foi realizado um levantamento da apifauna em uma unidade de conservação formada por fitofisionomias do bioma Cerrado localizada no município de Sacramento, Minas Gerais. A amostragem das abelhas foi realizada por meio da coleta de indivíduos durante as visitas às flores, com uso de iscas aromáticas e busca ativa de ninhos. Dezessete espécies de abelhas foram registradas, entre elas, um ninho de Melipona rufiventris. Considerando que esta espécie nunca havia sido registrada no município de Sacramento (Minas Gerais, Brasil), é uma espécie endêmica do Cerrado, está em risco de extinção, é dependente de remanescentes protegidos e que sofre com várias ações antrópicas, esta nota tem relevância e contribui para o conhecimento biogeográfico da espécie.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Henrique Azevedo Tosta, Universidade Federal de Uberlândia

Graduado em Ciências Biológicas nas modalidades licenciatura e bacharelado (2012), Mestre (2014) e Doutor (2018) em Ecologia e Conservação dos Recursos Naturais pela Universidade Federal de Uberlândia. Trabalha com ecologia e comportamento de abelhas solitárias da tribo Euglossini. Em específico atua no estudo da diversidade, dinâmica populacional, estrutura genética e orientação na busca por recursos florais dessas abelhas. Atualmente ocupa o cargo de Professor de Educação Básica no Estado de Minas Gerais lecionando para alunos do ensino fundamental e médio. Além disso, atua como biólogo consultor em projetos de levantamento e monitoramento de fauna com ênfase na Apifauna, e na elaboração de Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental.

Fernanda Helena Nogueira Ferreira, Universidade Federal de Uberlândia

Licenciada em Ciências Biológicas pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP (1989). Possui mestrado em Ciências (área de concentração: Entomologia) pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto - USP (1993) e doutorado em Ciências (área de concentração: Entomologia) pela mesma Universidade (1998). É Professora Associada IV do Instituto de Biologia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU-MG), onde trabalha desde 2006, ministrando disciplinas na área de Prática de Ensino e formação docente. É credenciada no curso de Pós-graduação em Ecologia e Conservação de Recursos Naturais, orientando na linha de ecologia e comportamento de abelhas sem ferrão. Tem experiência em projetos de formação continuada e atividades extensionistas. Coordenou o PIBID Biologia e o Projeto Novos Talentos, financiados pela CAPES. Atualmente é coordenadora do Curso de Especialização "Ciência é 10", da Universidade Aberta do Brasil.

Referências

Azevedo, R. L., C. A. L. Carvalho, L. L. Pereira & A. S. Nascimento. 2007. Bees (Hymenoptera: Apoidea) on pigeon pea flowers in 'Recôncavo Baiano' region, Brazil. Cienc. Rural. 37(5): 1453-1457. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-84782007000500038

Camargo, J. M. F. & S. R. M. Pedro. 2013. Meliponini Lepeletier, 1836. In: Moure, J. S., D. Urban & G. A. R. Melo (Orgs.). Catalogue of Bees (Hymenoptera, Apoidea) in the Neotropical Region - online version. Available: <http://www.moure.cria.org.br/catalogue>. Access on 01 out. 2020.

COPAM. Conselho Estadual de Política Ambiental. 1995. Normativa COPAM nº 41, de 20 de dezembro de 1995: Aprova a lista de espécies ameaçadas de extinção da fauna do Estado de Minas Gerais. Minas Gerais (Diário do Executivo).

COPAM. Conselho Estadual de Política Ambiental. 2010. Normativa COPAM nº 147, de 30 de abril de 2010: Aprova a Lista de Espécies Ameaçadas de Extinção da Fauna do Estado de Minas Gerais. Minas Gerais (Diário do Executivo).

Gonçalves, P. L. 2017. Modelagem preditiva e genética aplicadas à conservação da abelha nativa sem ferrão Melipona rufiventris Lepeletier, 1836 (Hymenoptera: Apidae). 77 f. Dissertação (Mestrado em Manejo e Conservação de Ecossistemas Naturais e Agrários), Universidade Federal de Viçosa, Florestal.

ICMBio. Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. 2018. Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção: Volume VII – Invertebrados. Brasília, Distrito Federal.

Kerr, W. E., G. A. Carvalho & V. A. Nascimento. 1999. The probable consequences of the destruction of Brazilian stingless bees. pp. 395-404. In: Padoch, C., J. M. Ayres, M. Pinedo-Vasquez & A. Henderson (Orgs.). Várzea: diversity, development and conservation of Amazonia’s whitewater floodplains. New York, New York Botanical Garden Press.

Kottek, M., J. Grieser, C. Beck, B. Rudolf & F. Rubel. 2006. World Map of the Köppen-Geiger climate classification updated. Meteorologische Zeitschrift. 15(3): 259-263. DOI: https://doi.org/10.1127/0941-2948/2006/0130

Melo, G. A. R. 2003. Notas sobre meliponíneos neotropicais, com descrição de três novas espécies (Hymenoptera, Apidae). pp. 85-91. In: Melo, G. A. R. & I. Alves-dos-Santos (Orgs.). Apoidea Neotropica: Homenagem aos 90 anos de Jesus Santiago Moure. Criciúma, Editora UNESC.

Ribeiro, J. F. & B. M. T. Walter. 1998. Fitofisionomias do bioma Cerrado. pp. 89-166. In: Sano, S. M. & S. P. de Almeida (Orgs.). Cerrado: Ambiente e Flora. Planaltina, EMBRAPA-CPAC.

Roubik, D. W. & P. E. Hanson. 2004. Orchid bees of tropical America: Biology and field guide. Heredio, Inbio Press.

Siqueira, E. L., R. B. Martines & F. H. Nogueira-Ferreira. 2007. Stingless bees nests (Hymenoptera, Meliponina) in a region of Araguari river, Araguari-MG. Biosci. J. 23: 38-44. Available: <http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6803> Access on 01 out. 2020.

Downloads

Publicado

26-05-2021

Como Citar

AZEVEDO TOSTA, T. H.; NOGUEIRA FERREIRA, F. H. O primeiro registro de Melipona (Michmelia) rufiventris Lepeletier, 1836 no município de Sacramento, Minas Gerais, Brasil. Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology, Goiânia, v. 18, n. 1, p. 26–30, 2021. Disponível em: https://revistas.ufg.br/RBN/article/view/66404. Acesso em: 20 maio. 2024.