Variação estacional do óleo essencial em arnica (Lychnofora ericoides Mart.)

Autores

  • Marco Antônio Curado da Costa
  • José Garcia de Jesus Universidade Federal de Goiás
  • João Gaspar Farias Universidade Federal de Goiás
  • João Carlos Monh Nogueira Universidade Federal de Goiás
  • André Luiz Ribas de Oliveira Universidade Federal de Goiás
  • Pedro Henrique Ferri Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/rbn.v5i1.5627

Palavras-chave:

Arnica, Asteraceae, Lychnophora ericoides Mart., óleo essencial.

Resumo

Lychnophora ericoides Mart., comumente conhecida como arnica, vegeta em regiões de campos rupestres e pertence à família Asteraceae. No aspecto fármaco-terapêutico é empregada como antiinflamatório e anestésico, entre outras aplicações. Com o objetivo de encontrar o melhor período para a colheita, surgiu a necessidade de traçar o perfil sazonal do conteúdo do óleo essencial dessa planta, até o momento não identificado. Para isso, foram escolhidas duas áreas preservadas nos municípios de Cristalina e de Vianópolis, ambos situados no Estado de Goiás, Brasil. As coletas foram efetuadas no período entre julho de 2001 e julho de 2002. As amostras de cada acesso foram submetidas a extração por hidrodestilação, tendo sido encontrados 71 componentes no óleo essencial dessa planta. As amostras de óleo essencial extraídas foram analisadas por cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa (CG-EM). As plantas coletadas em Cristalina apresentaram maiores teores de óleo em comparação com as de Vianópolis, com as maiores porcentagens nos meses de setembro de 2001 e novembro de 2001. Não se observou diferença significativa no teor de óleo das plantas em Vianópolis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Antônio Curado da Costa

Bolsista de informática da RBN

Referências

Adams, R. P. 1995. Identification of essential oil components by gas chromatography/ quadrupole mass spectroscopy. Alured Publishing Corporation, Carol Stream, 468 p.

Adams, R. P. 2001. Identification of essential oil components by gas chromatography/ mass spectroscopy. Alured Publishing Corporation, Carol Stream, 456 p.

Almeida, S. P., C. E. B. Proença, S. M. Sano & J. F. Ribeiro. 1998. Cerrado. Espécies vegetais úteis. EMBRAPA-CPAC, Planaltina.

Banzatto, D. A & S. N. Kronka. 1992. Experimentação agrícola. UNESP, Jaboticabal, 247 p.

Cabral, A. C. S., N. P. Lopes & J. L. C. Lopes. 2000. Terpenóides do tronco de Lychnophora ericoides Mart. In: XVI Simpósio de plantas medicinais do Brasil. Recife. Resumos. p. 134.

Cerqueira, M. B. S., J. T. Souza, R. Amado Junior & A. B. F. Peixoto. 1987. Ação analgésica do extrato bruto aquoso liofilizado do caule e folhas da Lychnophora ericoides Mart. (arnica). Ci. Cult. 35: 551-553.

Comissão de Fertilidade de Solos de Goiás. 1988. Recomendações de corretivos e fertilizantes para Goiás: 5a aproximação. UFG/EMGOPA, Goiânia, 101 p. (Informativo Técnico, 1).

Corrêa, M. P. 1962. Dicionário das plantas úteis do Brasil e das exóticas cultivadas. 6a. ed. Imprensa Nacional, Rio de Janeiro, vol I, 431 p.

Embrapa. 1999. Manual de análises químicas de solos, plantas e fertilizantes. Embrapa Solos, Embrapa Informática Agropecuária, Embrapa comunicação para transferência de tecnologia, Brasília, DF, 370 p.

Ferri, P. H. 1995. Química de produtos naturais: métodos gerais, p. 129-156. In: Di Stasi, L. C. Plantas medicinais: arte e ciência. Um guia de estudo interdisciplinar. São Paulo, Ed. Universidade Estadual de Paulista.

Dool, H. van den & P. D. J. Kratz. 1963. A generalization of the retention index system including linear temperature progammed gas-liquid partition chromatography. J. Chromatogr. 11: 463.

Leite, M. N. & G. Del-Vechio. 2000. Contribuição para o estudo farmacognóstico de Lychnophora ericoides. In: XVI Simpósio de plantas medicinais do Brasil, Recife, Resumos. p. 185.

Leitão Filho, H. F. & J. Semir. 1979. Uma nova contribuição para o gênero Vernonia Schreb. (Compositae). Rev. Bras. Bot. 2: 113-116.

Lopes, N. P. A essência da arnica. 2001. Pesq. FAPESP, São Paulo, 64: 42-44. (Suplemento Especial).

Marques, F. C. 1998. Análise da qualidade de sementes e do crescimento inicial de marcela Achyrocline saturioides Lam. D. C. (Asteraceae), p. 43-70. In: Ming, L.C., M.C. Scheffer, C. Correa Júnior, I.B.I. Barros & J.K.A. Mattos (Eds), Plantas medicinais aromáticas e condimentares: Avanços na pesquisa agronômica. Botucatu, Universidade Estadual Paulista, v. 1.

Nogueira, J. C. M. & C. K. Wolff. 2001. Na luta pela produção socialmente saudável. Que remédio? Acúmulos, riscos e potenciais na inter-relação entre plantas medicinais e agricultura familiar. Candeia, I: 26-29.

Paron, M. E. 2002. Diversidade de fungos micorrízicos arbuscuslares em Lychnophora ericoides Mart. (Arnica da Serra): efeito da inoculação e estudos de propagação. Jaboticabal, Faculdade de Ciências Agrária e Veterinária, Universidade de São Paulo. 99 f, Tese de Doutorado em Microbiologia.

Pinto, J. E. B. P., E. A. Santiago & O. A. Lameira. 2000. Compêndio de plantas medicinais. Lavras: UFLA/FAEPE, 208 p.

Ribeiro, J. F. & B. M. T. Walter. 1998. Fitofisionomias do bioma Cerrado, p. 89-166. In: S. M. Sano & S. P. Almeida (Eds), Cerrado: ambiente e flora. Planaltina, EMBRAPA- CPAC.

Santos, M. D., L. Gobbo Neto, C. Pizza & N. P. Lopes. 2001. Estudos fitoquímicos do extrato polar das raízes de Lychnophora ericoides Mart. In: XVI Simpósio de plantas medicinais do Brasil. Resumos. Recife, UFPE.

Semir, J. 1991. Revisão taxonômica de Lychnophora Mart. (Vernoniaceae: Compositae). Campinas, SP, Instituto de Biologia, Universidade de Campinas. 515 f, Tese de Doutorado em Ciências Biológicas.

Silva, S. M. P. 1994. Aspectos da fenologia e da reprodução sexuada da Lychnophora pinaster Mart. – Asteraceae. Lavras, Universidade Federal de Lavras. 40 f, Dissertação de Mestrado em Agronomia.

Simões, C. M. O. & V. Spitzer. 2000. Óleos voláteis, p. 387-415. In: Simões, C. M. O., E. P. Schenkel, G. Gosmann, J. C. P. Mello, L. A. Mentz & P. R. Petrovick. (Orgs), Farmacognosia: da planta ao medicamento. 2a ed. ver. Porto Alegre, Ed. UFRGS, Ed. UFSC.

Downloads

Publicado

27-02-2009

Como Citar

DA COSTA, M. A. C.; DE JESUS, J. G.; FARIAS, J. G.; NOGUEIRA, J. C. M.; DE OLIVEIRA, A. L. R.; FERRI, P. H. Variação estacional do óleo essencial em arnica (Lychnofora ericoides Mart.). Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology, Goiânia, v. 5, n. 1, p. 53–65, 2009. DOI: 10.5216/rbn.v5i1.5627. Disponível em: https://revistas.ufg.br/RBN/article/view/5627. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)