Cartas às famílias “Araras” em tempos de Covid-19: relato de experiência

Autores

  • Fernanda Caroline Nascimento Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, fernandacaroline@ufg.br
  • Ione Mendes Silva Ferreira Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, ionemsilva@ufg.br
  • Iuri Pacheco Fiorin Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, ifiorin@discente.ufg.br
  • Rosimeire Diniz da Silva Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, rosimeire_diniz_silva@ufg.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v33i2.74865

Resumo

A transmissão rápida do novo coronavírus (Sars CoV-2), descoberto na China ainda no final de 2019, e responsável
pela contaminação pela Covid-19, trouxe inúmeras consequências para a população mundial, dentre essas, a
adoção, pelos governantes, de medidas de distanciamento social no sentido de tentar evitar a disseminação do novo
vírus. Em atendimento a essas medidas houve a suspensão do calendário acadêmico da Universidade Federal de
Goiás (UFG) ainda no mês de março de 2020, e sua retomada, de forma remota, não-presencial, somente no mês
de agosto deste mesmo ano. Nesse novo formato, chamado atividades não presenciais de caráter emergencial,
todas as propostas de atividades desenvolvidas junto as crianças do Departamento de Educação Infantil do Centro
de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação (DEI/CEPAE/UFG) só puderam ocorrer de forma virtual. Nesse
sentido, as propostas voltadas para o Grupo 1 Arara do DEI/CEPAEUFG, durante a pandemia foram organizadas
a partir do projeto intitulado “Cartas às famílias Araras em tempos de Covid 19: Conhecendo as manifestações
folclóricas brasileiras”. Cabe lembrar que as crianças do grupo Arara têm idade entre um e dois anos e, por essa
razão, seguindo as recomendações dos manuais da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e Organização Mundial
da Saúde (OMS) que recomendam que crianças menores de dois anos não tenham contato com as telas, optamos
por nos comunicar com essas crianças e suas famílias através de cartas enviadas via correio eletrônico. As
experiências vivenciadas por meio desse projeto foram registradas sob a forma de relato de experiências. Ainda
destacamos que esta proposta do envio das cartas foi personificada na figura da Arara Canindé, tendo em vista o
nome do grupamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Caroline Nascimento, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, fernandacaroline@ufg.br

Mestra em Ensino na Educação Básica pelo Centro de Ensino Aplicada à Educação da Universidade Federal deGoiás – CEPAE/UFG (2021). Graduada em Pedagogia pela Faculdade pela Faculdade de Educação daUniversidade Federal de Goiás – FE/UFG (2011). Professora do Departamento de Educação Infantil do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação UFG – DEI/CEPAE/UFG.

Ione Mendes Silva Ferreira, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, ionemsilva@ufg.br

Doutoranda em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Uberlândia - FACED/UFU. Mestra em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás – FE/UFG (2013). Especialista em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás – FE/UFG (2004). Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos da Universidade Estadual do Ceará – FAFIDAM/UECE (2002). Professora do Departamento de Educação Infantil do Centro de Ensino e PesquisaAplicada à Educação UFG – DEI/CEPAE/UFG.

Iuri Pacheco Fiorin, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, ifiorin@discente.ufg.br

Graduando em Licenciatura Letras - Português pela Faculdade de Letras (FL) na Faculdade Federal de Goiás (UFG). Estagiário não obrigatório do Departamento de Educação Infantil do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação UFG- DEI/CEPAE/UFG.

Rosimeire Diniz da Silva, Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, rosimeire_diniz_silva@ufg.br

Especialista em Psicopedagogia Institucional e Clínica pela Faculdade Brasileira de Educação e Cultura - FABEC (2013). Graduada em Pedagogia pela Universidade Salgado de Oliveira (2009). Professora do Departamento de Educação Infantil do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação UFG – DEI/CEPAE/UFG.

Downloads

Publicado

2022-12-26

Como Citar

NASCIMENTO, F. C.; FERREIRA, I. M. S.; FIORIN, I. P.; SILVA, R. D. da. Cartas às famílias “Araras” em tempos de Covid-19: relato de experiência. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 33, n. 2, p. 129–145, 2022. DOI: 10.5216/rp.v33i2.74865. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/74865. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Experiências didático-pedagógicas no estágio supervisionado na educação infantil