As percepções de mães sobre a inclusão de crianças autistas em escolas de Goiânia: uma leitura psicanalítica

Autores

  • Dayanna Pereira dos Santos Instituto Federal de Goiás (IFG), Goiânia, Goiás, Brasil, dayanna.santos@ifg.edu.br
  • Maria Helena Pereira Magalhães Instuto Federal de Goiás (IFG), Goiânia, Goiás, Brasil, maria.helena@ifg.edu.br
  • Esthefany Sabrine Pereira Santos Secretaria Municipal de Educação de Goiània (SME), Goiânia, Goiás, Brasil, esthefanysabrine@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v33i1.74604

Resumo

Esta pesquisa analisa as percepções de três mães de crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro
Autista (TEA) acerca do processo de inclusão escolar de seusfilhos. As entrevistas foram gravadas e transcritas
integralmente, cujos dados foram submetidos à abordagem qualitativa. As narrativas abordam desde o impacto
do diagnóstico até tentativas de tratamento e escolarização, conforme as orientações dos profissionais da saúde
e da educação. Os resultados indicaram que as mães demonstraram expectativas voltadas para a socialização e
para o desenvolvimento cognitivo, embora tenham percebido dificuldades por parte da escola e sua equipe em
elaborar atividades educativas capazes de realmente incluir as crianças e não apenas integrá-las ao espaço
escolar. Observou-se também que as mães, à medida que acompanham o desenvolvimento de seus filhos,
verificaram que as escolas regulares não contam com equipe multiprofissional para ajudar os professores e
demais membros da comunidade escolar na compreensão do atendimento educacional especializado. Conhecer
as concepções de mães faz-se importante para promover a inclusão escolar de crianças autistas, que ocorre por
meio da participação efetiva tanto dos responsáveis quanto da equipe escolar em sua totalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dayanna Pereira dos Santos, Instituto Federal de Goiás (IFG), Goiânia, Goiás, Brasil, dayanna.santos@ifg.edu.br

Doutora em Educação; Docente IFG. E-mail: dayanna.santos@ifg.edu.br.

Maria Helena Pereira Magalhães, Instuto Federal de Goiás (IFG), Goiânia, Goiás, Brasil, maria.helena@ifg.edu.br

Mestre em Educação ProfissionaI IFG. E-mail: maria.helena@ifg.edu.br.

Esthefany Sabrine Pereira Santos, Secretaria Municipal de Educação de Goiània (SME), Goiânia, Goiás, Brasil, esthefanysabrine@gmail.com

Pedagoga SME – Goiânia. E-mail: esthefanysabrine@gmail.com.

Downloads

Publicado

2022-11-23

Como Citar

SANTOS, D. P. dos; MAGALHÃES, M. H. P.; SANTOS, E. S. P. As percepções de mães sobre a inclusão de crianças autistas em escolas de Goiânia: uma leitura psicanalítica. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 33, n. 1, p. 222–242, 2022. DOI: 10.5216/rp.v33i1.74604. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/74604. Acesso em: 28 jan. 2023.