A LEITURA E ANÁLISE ESPACIAL POR MEIO DE MAPAS MENTAIS NA GEOGRAFIA ESCOLAR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/signos.v4.74429

Palavras-chave:

ensino de Geografia, cartografia escolar, mapas mentais, Pensamento geográfico, conceitos, princípios lógicos, método, análise geográfica.

Resumo

Este artigo objetiva destacar o mapa mental como uma proposta pedagógica pertinente para o trabalho da Geografia escolar atrelado ao processo de construção do pensamento geográfico dos alunos.  Pois, mesmo essa representação espacial tendo uma forma de construção mais livre, entende-se a necessidade de apresentar um percurso metodológico que contribua com a sua aplicação no contexto escolar. Para desenvolver essa ideia destaca-se, num primeiro momento, a relação da ciência geográfica com a questão da espacialidade como uma forma de pensar e, na sequência, a contribuição da linguagem cartográfica como meio para sistematizar a leitura e análise espacial. Nesse sentido, o mapa mental é requerido como uma proposta de representação cartográfica que possibilita ao sujeito que o constrói evidenciar diferentes contextos, interpretações e percepções sobre um determinado espaço ou lugar. Para isso, serão apresentados e discutidos alguns exemplos de construção de mapas mentais na perspectiva de atividades escolares, destacando a potencialidade desse material para o desenvolvimento de uma leitura e análise mais crítica sobre o espaço geográfico.

Biografia do Autor

Denis Richter, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, Brasil, drichter78@ufg.br

Possui graduação em Geografia (Licenciatura) pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí (1999), mestrado (2004), doutorado (2010) em Geografia pela Universidade Estadual Paulista - Unesp, Campus de Presidente Prudente/SP e pós-doutorado (2018) pela Universidad Autónoma de Madrid (Espanha). Atualmente é professor nos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás (UFG), é integrante do Laboratório de Ensino e Pesquisa em Educação Geográfica (LEPEG) e coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas em Cartografia para Escolares (GECE) e a Rede de Pesquisa em Cartografia Escolar. Participa do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Educação Geográfica (NEPEG) e da Rede Latino-americana de Investigadores de Didática de Geografia (REDLADGEO). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Ensino de Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: Cartografia Escolar, Didática da Geografia e Formação de professores.

Endereço profissional: Rua Jacarandá Qd. D, Campus Samambaia, Universidade Federal de Goiás, Goiânia - GO. CEP: 74690-900.

E-mail: drichter78@ufg.br

Downloads

Publicado

2022-11-07

Edição

Seção

Artigos