Ensino de inglês como LE e contribuições pedagógicas de um glossário bilíngue de colocações

Autores

  • Adriane Orenha Ottaiano Universidade Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Câmpus de São José do Rio Preto, SP
  • Jean Michel Pimentel Rocha Universidade Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Câmpus de São José do Rio Preto, SP

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v27i2.30873

Palavras-chave:

Linguística de Corpus, colocações, Fraseologia, glossário bilíngue, ensino de colocações, aplicações pedagógicas.

Resumo

Em conformidade com o arcabouço teórico-metodológico da Linguística de Corpus e da Fraseologia, este estudo visa discutir as contribuições pedagógicas de um glossário bilíngue de colocações da área médica para o ensino de inglês como  Língua  Estrangeira,  (doravante  LE),  compilado  a  partir  do  corpus paralelo constituído pelas legendas em inglês e em português do seriado House M.D. Com base nas colocações presentes no glossário, elaboramos propostas de  atividades  que  poderão  servir  como  subsídio  para  o  ensino  de  inglês como LE, principalmente, quando se considera a relevância dessas unidades fraseológicas no enriquecimento da competência lexical de aprendizes. Além destas, também propomos outras atividades colocacionais baseadas em corpus.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriane Orenha Ottaiano, Universidade Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Câmpus de São José do Rio Preto, SP

Adriane Orenha-Ottaiano possui Bacharelado em Letras com Habilitação para Tradutor, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Mestrado em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês, pela Universidade de São Paulo (USP), e Doutorado em Estudos Linguísticos, pela UNESP. É líder do Grupo de Pesquisa “Pedagogia do Léxico, da Tradução e Linguística de Corpus” e colaboradora do projeto de pesquisa “Estudos de Corpora de Traduções - TradCorp: linguagem da tradução e interculturalidade para uma pedagogia da tradução”. Atualmente, é Professora Assistente Doutora do Departamento de Letras Modernas, da Universidade Júlio de Mesquita Filho, Câmpus de São José do Rio Preto e atua na Pós-Graduação em “Estudos Linguísticos” da UNESP/IBILCE, na linha “Estudos da Tradução” desde 2012. Possui experiência em Estudos da Tradução Baseados em Corpus, Ensino de Inglês como LE, Linguística de Corpus e Fraseologia, atuando principalmente nos seguintes temas: corpus, corpus de aprendizes, ensino de LE, fraseologia (colocações, colocações estendidas e unidades fraseológicas especializadas), pedagogia da tradução e pedagogia do léxico.

Jean Michel Pimentel Rocha, Universidade Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Câmpus de São José do Rio Preto, SP

Graduando do curso de Licenciatura em Letras (Português/Inglês), da UNESP/IBILCE - Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, Campus de São José do Rio Preto. Atua na área de Linguística, com ênfase em Linguística Aplicada, em pesquisas que envolvem Linguística de Corpus, Fraseologia, Estudos da Tradução e Ensino de Inglês como LE. É membro do Grupo de Pesquisa "Pedagogia do Léxico, da Tradução e Linguística de Corpus".

Downloads

Publicado

2015-12-22

Como Citar

OTTAIANO, A. O.; ROCHA, J. M. P. Ensino de inglês como LE e contribuições pedagógicas de um glossário bilíngue de colocações. Signótica, Goiânia, v. 27, n. 2, p. 485–510, 2015. DOI: 10.5216/sig.v27i2.30873. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/30873. Acesso em: 25 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo