Extensão universitária no ambiente virtual:

Impactos no cumprimento de suas diretrizes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v23.76802

Resumo

As ações de extensão passaram por um processo de curricularização. Dentre as mudanças propostas tem-se a indicação do ideal de atuação: o espaço físico. Esta foi adaptada em razão das mudanças geradas pela pandemia da Covid-19. Foi essencial adequar os projetos de extensão às tecnologias digitais, à dinâmica online e à cibercultura. Este artigo investiga como 2 das diretrizes da extensão - a interação dialógica e a formação cidadã dos estudantes - foram impactadas pela adoção destes ambientes como local de atuação do projeto Numma, do Curso de Moda da Udesc. Assim, foram realizados um mapeamento de projetos de extensão deste curso, um levantamento das ações realizadas em 2022 e a categorização sobre o local de realização de cada ação. Em seguida, foi realizada uma análise qualitativa das ações do Numma. No final, observou-se como se desdobraram as mudanças, quais se alinham com a dinâmica digital, quais não, e quais podem ser os caminhos para aplicar estas ações no ambiente online.

Palavras-chave: Ambiente virtual. Comunicação. Extensão. Moda. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-12-2023

Como Citar

REITER, A. C. W.; NOVELLI, D. Extensão universitária no ambiente virtual:: Impactos no cumprimento de suas diretrizes. Revista UFG, Goiânia, v. 23, 2023. DOI: 10.5216/revufg.v23.76802. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/76802. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos