Entre fáusticos e prometeicos

a busca de uma terceira via para a utilização das tecnologias na educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v21.69966

Resumo

Resumo

O presente artigo propõe reflexões sobre as tecnologias na educação, questionando sua utilização como fáusticas, em cuja perspectiva nada será resolvido e prometeicas, que considera que as demandas educacionais terão êxito com o uso de tecnologias. Para empreender tais reflexões, autores como Philippe Breton, Andrew Feenberg, Hermínio Martins, Francisco Rüdiger, Neil Selwyn, entre outros, têm centralidade no debate. O texto discute as posições extremadas, as tecnofóbicas e as tecnofílicas, e sugere uma terceira via pela qual se possa equacionar as possibilidades, bem como os limites dos usos das tecnologias na educação de forma ampla e contextualizada, ou seja, ponderada, com base no pensamento crítico no que se refere à inserção das tecnologias no processo educacional, sempre buscando a inclusão digital como ideal ao alcance de todos.

 

Palavras-chave: Tecnologias e Educação. Cultura Digital. Cibercultura. Inclusão Digital.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-10-2021

Como Citar

PEDROSA, S. M. P. de A. .; COSTA, A. V. de F. da .; MAMEDE-NEVES, M. A. C. Entre fáusticos e prometeicos: a busca de uma terceira via para a utilização das tecnologias na educação. Revista UFG, Goiânia, v. 21, n. 27, 2021. DOI: 10.5216/revufg.v21.69966. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/69966. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê - Cibereducação: Fundamentos, Interfaces e Pedagogias Emergentes