Educação a distância

uma interface de aprendizagem na cibereducação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v21.69653

Resumo

A Educação a Distância (EaD) transformou os processos educativos, conciliando trabalho e formação educacional, provocando, assim, adaptações em vários setores sociais em termos de relação, interação e comunicação, e utilizando as tecnologias de informação e comunicação para isso nas últimas décadas. O presente trabalho é um recorte bibliográfico das problematizações e reflexões da Tese de Doutorado em Educação em andamento, apresenta questões inerentes ao crescimento e desenvolvimento da EaD, que surge a partir da expansão das tecnologias digitais, dando lugar à cibereducação. Nesse contexto de metamorfoses e transformações, o uso das tecnologias digitais na educação tem sido um processo de constante e progressivo crescimento, independente das críticas relativas à sua viabilização. Compreende-se que a EaD busca proporcionar o máximo de aprendizagem aos estudantes por meio de um planejamento efetivo e pedagógico, trazendo novos questionamentos aos processos educacionais.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-10-2021

Como Citar

BREDOW, V. H. .; ZAMPERETTI, M. P. Educação a distância: uma interface de aprendizagem na cibereducação. Revista UFG, Goiânia, v. 21, n. 27, 2021. DOI: 10.5216/revufg.v21.69653. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/69653. Acesso em: 26 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê - Cibereducação: Fundamentos, Interfaces e Pedagogias Emergentes