Atendimento educacional especializado sob a perspectiva do CAS/Goiânia

parâmetros para a escola regular

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v20.66337

Resumo

O presente trabalho tem como tema o Atendimento Educacional Especializado (AEE) para crianças surdas. Sua abordagem se deu a partir da seguinte inquietação: em que medida o AEE ofertado no Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS), situado na cidade de Goiânia-Goiás, oferece parâmetros para o AEE da escola pública regular? A fim de responder a esta inquietação, realizamos um estudo bibliográfico em Damázio (2007), Honora (2014), Quadros (2006), dentre outros, aliado a uma pesquisa empírica de cunho qualitativo, a qual objetivou analisar a performance do Atendimento Educacional Especializado ofertado no CAS/Goiânia, de forma a enunciar parâmetros de AEE para estudantes surdos nas escolas regulares. Como procedimento metodológico, foi realizada entrevista semiestruturada, direcionada às duas professoras de AEE, vinculadas ao CAS, sendo uma surda e outra ouvinte. Os resultados da pesquisa apontam que o AEE ofertado pela instituição pesquisada está de acordo com os pressupostos teóricos de estudiosos da área e oferece parâmetros para que a escola regular desenvolva o AEE para discentes surdos, levando em consideração os três momentos deste atendimento, tendo em vista a aprendizagem bilíngue das crianças surdas e, consequentemente, sua inclusão social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Ferreira Silva, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Inhumas, Goiás, Brasil, bruna.ferreira.silva.contato@gmail.com

Pedagoga, egressa da Universidade Estadual de Goiás/ UnU-Inhumas. Especializanda em Libras e Psicopedagogia. Aluna do CAS, cursando Intérprete II. Intérprete na Rede de Ensino da cidade de Goianira – Goiás. E-mail: bruna.ferreira.silva.contato@gmail.com

Carla Salomé Margarida de Souza, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Inhumas, Goiás, Brasil, c.salome@hotmail.com

Mestra pelo Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Educação, Linguagem e Tecnologias (PPG-IELT/UEG). Especialista em Língua Brasileira de Sinais; Pedagoga. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Diversidade e Inclusão (GEPEDI). Docente titular da UEG/Inhumas e da Secretaria de Estado da Educação de Goiás. c.salome@hotmail.com

Kênia Abbadia de Melo, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Inhumas, Goiás, Brasil, kenia.abbadia@hotmail.com

Doutora em Educação pela UFG. Mestra em Educação pela PUC-Goiás. Especialista em Língua Portuguesa. Pedagoga. Professora aposentada da Rede Municipal de Educação de Goiânia. Professora titular da Universidade Estadual de Goiás – UEG/UnU – Inhumas. E-mail: kenia.abbadia@hotmail.com

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

SILVA, B. F.; SOUZA, C. S. M. de .; MELO, K. A. de . Atendimento educacional especializado sob a perspectiva do CAS/Goiânia: parâmetros para a escola regular. Revista UFG, Goiânia, v. 20, n. 26, 2020. DOI: 10.5216/revufg.v20.66337. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/66337. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê - Experiências de enriquecimento mútuo: desde e com a comunidade surda