Desafios e etratégias para o ensino de Instrumentos de Cordas Friccionadas (ICF) na educação à distância (EAD)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v23.73823

Palavras-chave:

EaD, Ensino de Música, Cordas Fricionadas

Resumo

Foi objetivo deste estudo revisar a literatura sobre o ensino da postura corporal nos Instrumentos de Cordas Friccionadas (ICF) na Educação a Distância (EaD). O corpus documental teve 17 estudos analisados com base na Análise Temática de Conteúdo. Os principais desafios do ensino da postura de ICF na EaD são a manutenção da relação afetiva do aluno com o conhecimento, adaptar as aulas presenciais à EaD, dispositivos sem os recursos mínimos para a EaD, falta de acesso à internet e falta de domínio dos dispositivos e softwares. As estratégias para dirimir as dificuldades são diálogos para motivar os alunos, gravar e enviar aulas e “áudio guias” previamente aos encontros síncronos, gravar o estudo dos alunos e dar feedbacks, ministrar aulas de musicalização e construir instrumentos alternativos para a falta de ICF. Considerando a natureza processual da postura, o Ensino Híbrido pode contribuir no ensino dos ICF.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Macrino dos Santos, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, Brasil, bruno.macrino@gmail.com

Bruno Macrino dos Santos é bacharel em Música - Contrabaixo Acústico Erudito pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP. Também é formado em Práticas Instrumentais Avançadas – Contrabaixo Erudito pela Escola de Música do Estado de São Paulo – EMESP Tom Jobim, e em Contrabaixo Acústico pela Escola Municipal de Música de São Paulo – EMMSP.

Foi orientado pelos professores Marco Antonio Brucoli (EMMSP), Pedro Gadelha (EMESP Tom Jobim) e Zé Alexandre Carvalho (UNICAMP).

Atuou como professor de Contrabaixo Acústico no Projeto Batuta na cidade de Jundiaí e como monitor de Contrabaixo Acústico na UNICAMP. Também foi vencedor do Concurso de Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica do Departamento de Música da UNICAMP em 2017, com a qual tocou o Concerto para Contrabaixo em Mi Maior, de Karl Ditters von Dittersdorf.

Atualmente é mestrando em Música: Teoria, Criação e Prática - Estudos Instrumentais e Performance na UNICAMP, atua como estagiário docente na UNICAMP, como professor de Contrabaixo no Programa Guri Santa Marcelina e é contrabaixista da Orquestra Filarmônica de Jundiaí (regência de Misael Simões).

Endre Solti, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, Brasil, endreguitar@gmail.com

Endre Solti é bacharel (2001), mestre (2015) e doutor (2022) em Música Popular pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Foi professor de violão e guitarra no Conservatório Estadual de Pouso Alegre - CEMPA (2001/2009), na Universidade Vale do Rio Verde - UninCor (2010/2016), tutor virtual no curso de Música da Universidade Federal de São Carlos - UFSCar e facilitador no curso de Pedagogia da Universidade Virtual do Estado de São Paulo - UNIVESP. É professor de violão e guitarra no conservatório municipal de Poços de Caldas desde 2005.

Gilson Santos Rodrigues, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, Brasil, gio.sts.rodrigues@hotmail.com

Gilson Santos Rodrigues possui graduação - bacharelado (2014) e licenciatura (2015) - em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2015) e mestrado em Educação Física pela UNICAMP (2018). Atualmente é estudante de doutorado da UNICAMP. É membro do Grupo de Pesquisa em Circo - CIRCUS e do Grupo de Estudos em Educação Física no Desenvolvimento Infantil - GEEFIDI. Tem experiência na área de Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: circo, pedagogia, jogo e cultura lúdica, educação física escolar, arte-educação e tecnologias educacionais. Foi aluno Bolsista Facilitador do curso de Pós-Graduação “Formação Didático- Pedagógica para Cursos de Modalidade a Distância” – UNIVESP/UNESP/USP/UNICAMP.s educacionais.

Keroll Elisabeth Weidner, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, Brasil, kekoviola@gmail.com

Keroll elisabeth Weidner possui Bacharelado em Viola pela UDESC (2011), Especialização em Ensino das Artes: Fundamentos estéticos e metodológicos pela Fundação Universidade Regional de Blumenau/FURBLicenciatura em Artes-Habilitação em Música pela Fundação Universidade Regional de Blumenau / FURB (2006 e 2004). É aluna do Mestrado em Música, no programa de Pós-graduação em Música da Unicamp e foi Bolsista Facilitador do de Pós-Graduação “Formação Didático- Pedagógica para Cursos de Modalidade a Distância” – UNIVESP/UNESP/USP/UNICAMP.

Célia Maria Haas, Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP), Campinas, Brasil, celia.haas@univesp.br

Graduada em Pedagogia pela Fundação Faculdade Estadual de Educação Ciências e Letras de Paranavaí (1974); Mestre em Educação: História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1989); Doutora em Educação (Supervisão e Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996). Tem experiência na área de Educação Superior, com ênfase nos seguintes temas: políticas públicas e avaliação da educação superior; formação de professores, políticas de educação superior a distância. Professora Titular da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP), desde julho de 2019.

Downloads

Publicado

2024-01-08

Como Citar

MACRINO DOS SANTOS, B.; SOLTI, E.; SANTOS RODRIGUES, G.; ELISABETH WEIDNER, K.; HAAS, C. M. Desafios e etratégias para o ensino de Instrumentos de Cordas Friccionadas (ICF) na educação à distância (EAD). Música Hodie, Goiânia, v. 23, 2024. DOI: 10.5216/mh.v23.73823. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/73823. Acesso em: 14 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos