Gamificação e percussão corporal

projeto e validação de uma ferramenta computacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v22.73147

Palavras-chave:

TIC, BODY PERCUSSION, GAMIFICATION

Resumo

Nas pedagogias musicais, preconiza-se o uso do instrumento como instrumento musical, o que, por ser inato no ser humano, é ideal como abordagem da prática instrumental. A percussão corporal é dedicada a ele e ele a incorpora na etapa do Ensino Fundamental, trazendo muitos ex-alunos. Mas, como toda prática instrumental, os alunos não precisam realizar seu aprendizado de forma independente. Assim, este estudo propõe um aplicativo computacional capaz de auxiliar o aluno na prática da percussão corporal, força do ambiente de ensino. Tudo, desde o potencial de uma metodologia ativada através da utilização da gamificação, em que a componente lúdica é fundamental para aumentar a motivação. A união das TIC, gamificação e percussão corporal torna-se um trinômio substancial para melhorar esse processo de aprendizagem-aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paloma Bravo Fuentes, Universidad de Málaga, Málaga, Eapanha, paloma.bravo.fuentes@gmail.com

Paloma Bravo Fuentes es Dra. en Tecnología Educativa y tiene un Máster en e-learning y gestión del conocimiento.  Es Maestra de Educación Musical en la educación pública y licenciada en guitarra clásica.

En la actualidad, alterna su labor docente con la investigadora en las líneas de innovación e inclusión tecnológica en las enseñanzas  Actualmente amplía la temática investigadora hacia la didáctica y la pedagogía de la música ofreciendo resultados de trabajos basados en la investigación-acción como activo partícipe de las realidades educativas escolares.

Publicado

2022-10-03

Como Citar

BRAVO FUENTES, P. Gamificação e percussão corporal: projeto e validação de uma ferramenta computacional. Revista Música Hodie, Goiânia, v. 22, 2022. DOI: 10.5216/mh.v22.73147. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/73147. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos