Sensibilidade e racionalidade na música vocal: a questão da entonação

Autores

  • Di Wang The University of Suwon, Korea and Art Academy, Hubei Polytechnic University, Huang Shi, China, diwang422@yahoo.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v21.66429

Palavras-chave:

control, experiment, intonation control, singing, vocal apparatus

Resumo

O objetivo deste artigo foi avaliar a eficácia do controle da entonação entre os alunos do primeiro ano com especialização em música vocal. O estudo foi realizado durante o período de 2018-2019 em um dos conservatórios de Pequim (China). A amostra da pesquisa foi composta por 300 alunos do primeiro ano, dos quais 100 constituíramo grupo controle, outros 100 -  o grupo experimental 1 e os últimos 100 - o grupo experimental 2. Resultados superiores dos alunos dos GEs do que dos participantes do GC resultaram da sistemática e trabalho constante na melhoria da entonação. O número total de indivíduos com baixo desempenho educacional diminuiu em vista da introdução de metodologia de treinamento inovadora que provocou a melhoria geral dos resultados acadêmicos. Foi encontrada correlação inversa entre ocontrole da entonação e o aparato vocal saudável: -0,89 para o GC,  0,78 para o GE1 e 0,81 para o GE2. A aplicação da metodologia desenvolvida permitiu aos alunos preservar a saúde das cordas vocais e melhorar as habilidades de canto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Di Wang, The University of Suwon, Korea and Art Academy, Hubei Polytechnic University, Huang Shi, China, diwang422@yahoo.com

Di Wang has a Master degree. Currently a teacher at Art Academy, Hubei Polytechnic University, Huang Shi, China, and The University of Suwon, Korea. Research interests are vocal music, intonation, intonation control, self-control practices, and skills development

Downloads

Publicado

2021-04-30 — Atualizado em 2021-11-14

Versões

Como Citar

WANG, D. Sensibilidade e racionalidade na música vocal: a questão da entonação. Música Hodie, Goiânia, v. 21, 2021. DOI: 10.5216/mh.v21.66429. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/66429. Acesso em: 12 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos