A formulação da Favola in musica de Jacopo Peri: uma tradução e estudo do prefácio a Euridice (1600)

Autores

  • Gustavo Angelo Dias
  • Helena Jank

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v16i1.43132

Resumo

Neste artigo buscamos tecer uma visão da proposta monódica de Jacopo Peri (1561-1633), compositor italiano pertencente à geração que estabeleceu as bases da monodia acompanhada e do stile rappresentativo, pressupostos essenciais ao desenvolvimento do estilo barroco e do surgimento da ópera. Para tanto, apresentamos uma tradução do primeiro texto a apresentar as características e os propósitos estéticos da monodia acompanhada, o prefácio à ópera Euridice (Florença, 1600), contextualizada por uma abordagem dos aspectos históricos envolvidos no desenvolvimento e na formulação da monodia e da publicação da obra. Buscamos também tecer uma análise dos elementos de performance envolvidos no texto, nos atendo às peculiaridades da pesquisa de Peri e aos ideais buscados pelo autor de retomada de um estilo de canto que, segundo acreditava, teria sido utilizado nas encenações das tragédias na antiguidade. Palavras-chave: Monodia acompanhada; Música barroca italiana; Ópera; Jacopo Peri (1561-1633).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-09-2016

Como Citar

Dias, G. A., & Jank, H. (2016). A formulação da Favola in musica de Jacopo Peri: uma tradução e estudo do prefácio a Euridice (1600). Revista Música Hodie, 16(1). https://doi.org/10.5216/mh.v16i1.43132

Edição

Seção

Artigos