Escola brasileira de choro Raphael Rabello e clube do choro: interação eficaz nos processos de significação e ensino do choro em Brasília

Autores

  • Magda de Miranda Clímaco

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v15i2.39759

Resumo

Esse trabalho teve como objetivo identificar e relacionar as representações evidenciadas pelos processos de ensino do choro na Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello em Brasília e pelas circunstâncias ligadas à história desse gênero musical na cidade, visando os possíveis nexos existentes entre uma prática significativa para um contexto social e o grande investimento nessa prática. Foi considerado que o contexto significativo ligado a um gênero discursivo (BAKHTIN, 2003), junto à abordagem de diferentes modalidades de ensino desse gênero na escola brasiliense, em estreita interação com as atividades do Clube do Choro, traz a motivação necessária que atrai, congrega, e coloca em lista de espera um grande número de alunos. Palavras-chave: Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello; Clube do Choro de Brasília; Interação; Prática Significativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-02-15

Como Citar

DE MIRANDA CLÍMACO, M. Escola brasileira de choro Raphael Rabello e clube do choro: interação eficaz nos processos de significação e ensino do choro em Brasília. Música Hodie, Goiânia, v. 15, n. 2, 2016. DOI: 10.5216/mh.v15i2.39759. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/39759. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos