Lendas capixabas para violão solo de Carlos Cruz: decisões editoriais na elaboração de uma edição crítico-interpretativa

Autores

  • Renan Colombo Simões e Leonardo Loureiro Winter

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v15i1.39570

Resumo

O artigo aborda as decisões editorais na elaboração de uma edição crítico-interpretativa da obra Lendas capixabas (2000), para violão solo, do compositor brasileiro Carlos Cruz (1936-2011). Cruz compôs uma produção significativa para violão, entre as quais se destaca Lendas capixabas, obra do período maduro do compositor, e constituída por três movimentos. Apesar disso, os manuscritos apresentam algumas passagens não idiomáticas para o instrumento que dificultam ou tornam impossível sua execução ao violão, além de algumas inconsistências. A elaboração da edição crítico-interpretativa se processou através da comparação entre as diferentes partituras existentes da peça e da resolução das passagens não idiomáticas, em um processo que informou e foi informado pela performance musical. Palavras-chave: Edição crítico-interpretativa, Performance musical, Violão, Carlos Cruz, Lendas capixabas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-02-01

Como Citar

COLOMBO SIMÕES E LEONARDO LOUREIRO WINTER, R. Lendas capixabas para violão solo de Carlos Cruz: decisões editoriais na elaboração de uma edição crítico-interpretativa. Música Hodie, Goiânia, v. 15, n. 1, 2016. DOI: 10.5216/mh.v15i1.39570. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/39570. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos