Conversa com Fernando Lopes-Graça: trânsitos culturais na música brasileira

Autores

  • Ana Cláudia Assis

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v13i2.28016

Resumo

O presente artigo apresenta uma reflexão acerca do trânsito cultural protagonizado pelo compositor português Fernando Lopes-Graça e alguns músicos brasileiros durante a década de 1950, dentre os quais César Guerra- Peixe, Cláudio Santoro, Camargo Guarnieri e Mozart de Araújo. Para tal, analisamos um importante documento publicado no Brasil (1951) e em Portugal (1952) intitulado Conversa com Fernando Lopes Graça, e que foi responsável por inaugurar, simbolicamente, o intercâmbio entre estes músicos. Partimos do pressuposto de que Lopes-Graça fomentou, naquele período, a aproximação entre duas gerações brasileiras diferentes, historicamente separadas por divergências no plano estético. Palavras-Chave: Fernando Lopes-Graça e a música brasileira; Identidade nacional e trânsitos culturais; Documentação musical luso-brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-01-22

Como Citar

CLÁUDIA ASSIS, A. Conversa com Fernando Lopes-Graça: trânsitos culturais na música brasileira. Música Hodie, Goiânia, v. 13, n. 2, 2014. DOI: 10.5216/mh.v13i2.28016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/28016. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos