Criatividade Musical Cotidiana: estudo exploratório de atividades musicais ubíquas

Autores

  • Floriano P. da Silva
  • Damián Keller
  • Edemilson F. da Silva

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v13i1.25774

Resumo

O presente trabalho propõe uma definição provisória do conceito de criatividade musical cotidiana e descreve os resultados de um estudo exploratório que aplica esse conceito. Seis sujeitos leigos e músicos fizeram 47 mixagens com amostras sonoras de sons urbanos e de sons de animais em duas condições experimentais: dentro do estúdio e nos locais de coleta dos sons. O suporte à criatividade foi avaliado através do protocolo de aferição CSI-NAP. As sessões realizadas no ambiente exterior mostraram clara superioridade nos fatores produtividade, explorabilidade, concentração e colaboração em comparação com as sessões realizadas no estúdio, revelando o efeito da combinação do tipo de amostra e do local de realização no fator explorabilidade para os sons de animais; e nos fatores explorabilidade, produtividade e concentração para os sons urbanos. À luz desses resultados, discutimos dois hipóteses teóricas que explicam os resultados obtidos, incorporando os construtos engajamento e esforço cognitivo nas manifestações criativas cotidianas. Palavras-chave: Criatividade musical cotidiana; Música ubíqua; Mixagem como processo criativo em música.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-08-08

Como Citar

P. DA SILVA, F.; KELLER, D.; F. DA SILVA, E. Criatividade Musical Cotidiana: estudo exploratório de atividades musicais ubíquas. Música Hodie, Goiânia, v. 13, n. 1, 2013. DOI: 10.5216/mh.v13i1.25774. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/25774. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos