Panorama da Contribuição do Brasil em Composições para Violino, Viola e Viola Pomposa

Autores

  • Zoltan Paulinyi

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v12i1.20187

Resumo

O objetivo é organizar contribuições brasileiras à literatura violinística e violística internacional. Avaliando o grau de ineditismo da produção brasileira contemporânea, agrupam-se composições para violino e viola em três fases cronológicas: (1) inovação técnica, (2) caracterização de estilo, (3) expansão técnica. Na técnica, Flausino Vale foi um dos primeiros a registrar o uso de sotto le corde. Novos autores, como Crowl, Paulinyi e Carvalho, buscam diferentes combinações de harmonia, timbre e disposição espacial. Na caracterização estilística, Villa-Lobos, Guarnieri, Lacerda, Guerra-Peixe, Mahle e Santoro protagonizaram forte embate ideológico, resultando num cenário que Prado denominou de "linguagem múltipla". Esta organização traça um panorama útil à composição de obras originais no contexto mundial. Palavras-chaves:Composição; Violino; Viola; Viola pomposa; Obra brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-09-19

Como Citar

PAULINYI, Z. Panorama da Contribuição do Brasil em Composições para Violino, Viola e Viola Pomposa. Música Hodie, Goiânia, v. 12, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/mh.v12i1.20187. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/20187. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos