Para Além do Factual: Algumas Reflexões Acerca da Musicologia No Brasil

Autores

  • Roger Lisardo

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v4i1.19783

Resumo

O presente artigo versa sobre as especificidades da investigação musicológica no Brasil, relacionando-a com aspectos do positivismo e do nacionalismo. Para tanto, lançamos mão de estudos sobre os referidos termos, recorrendo a autores como Dahlhaus, Kerman e Moraes. Começamos nossa exposição refletindo sobre o entendimento do positivismo dentro do pensamento de Comte, passando, em seguida, a tratar da assimilação do positivismo no Brasil. A segunda parte trata de maneira bastante sucinta do termo “nacionalismo” e a busca da brasilidade. Assim, devidamente embasados, rumamos, enfim, para a discussão da musicologia no Brasil e sua identificação com esses dois termos. Na conclusão traçamos não mais do que algumas considerações sobre rumos possíveis, deixando, assim, a questão em aberto. Palavras-chave: Musicologia Brasileira; Positivismo; Nacionalismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-08-22

Como Citar

LISARDO, R. Para Além do Factual: Algumas Reflexões Acerca da Musicologia No Brasil. Música Hodie, Goiânia, v. 4, n. 1, 2012. DOI: 10.5216/mh.v4i1.19783. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/19783. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos