O CHORO EM BELO HORIZONTE: ASPECTOS HISTÓRICOS, COMPOSITORES-INTÉRPRETES E SUAS OBRAS

Autores

  • Marcos Flávio de Aguiar Freitas e Fausto Borém

DOI:

https://doi.org/10.5216/mh.v10i1.12820

Resumo

Resumo: Estudo sobre a trajetória do choro em Belo Horizonte, desde sua vinda do Rio de Janeiro no início do século XX, passando pela formação dos regionais de choro e programas ao vivo de chorões nas antigas rádios da cidade na década de 1930, pelo renascimento do choro na década 1970, até chegar à produção musical do representativo grupo de oito compositores-instrumentistas. A apresentação dos aspectos históricos e dos traços biográficos dos compositores fundamentou-se em entrevistas semi-estruturadas com compositores, instrumentistas e radialistas. O levantamento das partituras autógrafas durante a pesquisa serviu de base para a análise dos exemplos musicais e a organização das listas de obras comentadas. Palavras-chave: música popular brasileira, música instrumental brasileira, choro em Belo Horizonte, composição musical.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-12-23

Como Citar

E FAUSTO BORÉM, M. F. de A. F. O CHORO EM BELO HORIZONTE: ASPECTOS HISTÓRICOS, COMPOSITORES-INTÉRPRETES E SUAS OBRAS. Música Hodie, Goiânia, v. 10, n. 1, 2010. DOI: 10.5216/mh.v10i1.12820. Disponível em: https://revistas.ufg.br/musica/article/view/12820. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos