FECHAMENTO DE ESCOLAS DESTINADAS AOS CAMPESINOS EM CONTEXTO AMAZÔNICO: O DIREITO À EDUCAÇÃO SUBVERTIDO AOS INTERESSES HEGEMÔNICOS EM RONDÔNIA

Autores

  • Silvana de Fátima dos Santos Secretaria Municipal de Educação de Ariquemes (SEMED), Ariquemes, Rondônia, Brasil / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Ariquemes, Rondônia, Brasil, silvanasantos.ped@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-4811-1562
  • Josemir Almeida Barros Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Porto Velho, Rondônia, Brasil, josemir.barros@unir.br https://orcid.org/0000-0002-2687-6575

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v47i2.71478

Resumo

Esta pesquisa é de abordagem qualitativa e objetivou analisar fatores que ocasionaram o significativo número de fechamento de escolas localizadas em áreas rurais na região amazônica do estado de Rondônia, Norte de Brasil, no período de 2000 a 2020. Indaga-se o processo de fechamento de escolas destinadas a crianças e jovens campesinos no estado de Rondônia, a partir do início do século 21, corresponde à efetivação dos propósitos do agronegócio? Entre as fontes utilizou-se materiais bibliográficos, noticiários de mídias e documentos – Sinopse Estatística da Educação Básica, Censos Agropecuários, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e leis. O fechamento de escolas em áreas rurais é um acontecimento assinalado por interesses diversos, seja pela ausência de políticas públicas educacionais para os camponeses, seja pela junção de escolas em projetos de nucleação.

 PALAVRAS-CHAVE: Escolas Rurais. Educação Camponesa. Fechamento de Escolas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvana de Fátima dos Santos, Secretaria Municipal de Educação de Ariquemes (SEMED), Ariquemes, Rondônia, Brasil / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Ariquemes, Rondônia, Brasil, silvanasantos.ped@gmail.com

Professora da Educação Básica da Secretaria Municipal de Educação de Ariquemes, RO, Brasil e Técnica em Assuntos Educacionais no Instituto Federal de Rondônia (IFRO), Campus Ariquemes. Doutora em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) - (2021), Campus de Marília. Mestra em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) - (2017). Especialista em Metodologia do Ensino Superior (2008) e Mídias na Educação (2012), pela Universidade Federal de Rondônia. Licenciada em Pedagogia pela Faculdades Integradas de Ariquemes (FIAR) - (2004). Integrante do Grupo de Pesquisa Sociedade, Educação, Ciência e Tecnologia na Amazônia.

 

Josemir Almeida Barros, Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Porto Velho, Rondônia, Brasil, josemir.barros@unir.br

Professor, Pesquisador e Extensionista do Departamento Acadêmico de Ciências da Educação (DACED). Vice-Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar, Mestrado e Doutorado Profissional (PPGEEProf). Pós-Doutor em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) - (2019). Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia (PPGEd/UFU) - (2013) com Estágio Sanduíche no Instituto de Educação da Universidade do Minho em Braga - Portugal (2012). Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (ProPEd/UERJ) - (2008). Especialista em História do Brasil pelo Programa de Especialização de Professores de Ensino Superior (PREPES) da (PUC-MG) - (2000). Graduado em História pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - (1997) e em Pedagogia pela Universidade de Uberaba (UNIUBE) - (2016).

Downloads

Publicado

2022-08-31

Como Citar

SANTOS, S. de F. dos; BARROS, J. A. FECHAMENTO DE ESCOLAS DESTINADAS AOS CAMPESINOS EM CONTEXTO AMAZÔNICO: O DIREITO À EDUCAÇÃO SUBVERTIDO AOS INTERESSES HEGEMÔNICOS EM RONDÔNIA. Revista Inter Ação, Goiânia, v. 47, n. 2, p. 695–714, 2022. DOI: 10.5216/ia.v47i2.71478. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/view/71478. Acesso em: 8 dez. 2022.