O RETORNO DO PRESENTE: POSSIBILIDADES PARA UMA EDUCAÇÃO EMANCIPADORA QUE NOS GARANTA UM FUTURO VIVO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v47i2.71422

Resumo

Este artigo propõe-se a pensar alternativas que possibilitem a emancipação humana por meio da educação. Diante disso, a proposta pedagógica aqui desenvolvida, que surge da investigação traçada em torno da “educação bancária”, diagnosticada por Paulo Freire, objetiva elaborar reflexões alternativas ao modelo hegemônico de educação. O método de abordagem empregado foi o dedutivo, e o de procedimento, a análise interpretativa e crítica por intermédio de pesquisa bibliográfica. Os resultados revelam a necessidade de transformações urgentes às quais o sistema educacional deve se submeter, mediante o retorno das aulas presenciais, a fim de garantir que a instituição atue como geradora de bem-estar social. Por fim, é anunciada uma educação pós-pandêmica, que possibilitaria a chegada de novos paradigmas em detrimento daqueles que  herdamos da cultura ocidental moderna.

PALAVRAS-CHAVE: Educação. Cultura. Pandemia. Modernidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Airely Neves Pereira, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém, Pará, Brasil, airely.pereira.t@gmail.com

Licenciatura em Filosofia pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Estudos voltados à educação com críticas ao modelo hegemônico e emancipação de toda e qualquer forma de opressão.

Adriane Raquel Santana de Lima, Universidade Federal do Pará (UFPA), Belém, Pará, Brasil, adriane.lima@iced.ufpa.br

Doutora em Educação (Educação, Cultura e Sociedade) pela Universidade Federal do Pará - UFPA, com doutorado sanduíche na Universidad Pedagógica Nacional (Colômbia). Mestrado em Educação (Saberes Culturais e Educação da Amazônia) pela Universidade do Estado do Pará - UEPA. Especialista em Educação, Cultura e Organização Social pela UFPA. Licenciada Plena em Pedagogia pela UEPA.

Downloads

Publicado

2022-08-31

Como Citar

PEREIRA, A. N.; LIMA, A. R. S. de. O RETORNO DO PRESENTE: POSSIBILIDADES PARA UMA EDUCAÇÃO EMANCIPADORA QUE NOS GARANTA UM FUTURO VIVO. Revista Inter Ação, Goiânia, v. 47, n. 2, p. 812–824, 2022. DOI: 10.5216/ia.v47i2.71422. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/view/71422. Acesso em: 8 dez. 2022.