REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE PROFESSORES DE PEDAGOGIA SOBRE SUAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS: O SENTIDO DE MODELO

Autores

  • Silvio Duarte Domingos Universidade Estácio de Sá (UNESA), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil, silvio.duartte@gmail.com https://orcid.org/0000-0001-5249-7512
  • Clara Corrêa da Costa Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Seropédica, Rio de Janeiro, Brasil / Colégio Pedro II (CPII), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil, correa.clara@outlook.com https://orcid.org/0000-0003-2717-4126

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v47i2.71363

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo conhecer as representações sociais de professores de Pedagogia sobre suas práticas pedagógicas. Norteada pela Teoria das Representações Sociais associada à Teoria da Argumentação, a pesquisa contou com a participação de dez professores de Pedagogia de uma universidade privada, na cidade de Petrópolis. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e induções de metáforas, e foram analisados segundo o Modelo da Estratégia Argumentativa. Os resultados mostram que as representações sociais dos sujeitos sobre suas práticas pedagógicas se objetivam em “modelo” e se ancoram na crença de que a vivência na Escola Básica fornece os requisitos necessários para ser um formador de professores. Conclui-se que os sujeitos representam suas práticas pedagógicas por uma perspectiva utilitarista.

PALAVRAS-CHAVE: Representações Sociais. Formação Docente. Prática Pedagógica. Professores de Pedagogia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvio Duarte Domingos, Universidade Estácio de Sá (UNESA), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil, silvio.duartte@gmail.com

Doutor e Mestre em Educação, ambos pela UNESA, graduado em Letras. Professor na Fundação Getúlio Vargas e Professor titular da Área das Licenciaturas na Universidade Estácio de Sá. Desenvolve pesquisas sobre educação, inovação, criatividade e representações sociais.

Clara Corrêa da Costa, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Seropédica, Rio de Janeiro, Brasil / Colégio Pedro II (CPII), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil, correa.clara@outlook.com

Pós-doutoranda em Educação pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Doutora em Educação (2019) pela Universidade Estácio de Sá (UNESA), Mestre em Educação (2015) pela UNESA, Especialista em Ensino de Língua Inglesa e uso de novas tecnologias (2013) pela Universidade Gama Filho (UGF), especialista em Tradução de Inglês (2012) pela UGF e Licenciada em Letras (2008) pela UNESA. Professora efetiva do Colégio Pedro II desde 2014. 

Downloads

Publicado

2022-08-31

Como Citar

DOMINGOS, S. D.; COSTA, C. C. da . REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE PROFESSORES DE PEDAGOGIA SOBRE SUAS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS: O SENTIDO DE MODELO. Revista Inter Ação, Goiânia, v. 47, n. 2, p. 715–730, 2022. DOI: 10.5216/ia.v47i2.71363. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/view/71363. Acesso em: 6 dez. 2022.