PODER, POLÍTICA E TRADUÇÃO: NOTAS PARA UMA GENEALOGIA DO PENSAMENTO FREIREANO NO EXTERIOR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ia.v46ied.especial.69967

Resumo

O presente ensaio propõe uma reflexão acerca da apropriação do pensamento de Paulo Freire pela vertente da pedagogia crítica anglo-saxônica, analisando genealogicamente a construção do cânone freireano no exterior. Para tanto, determinados aspectos hermenêuticos serão abordados acerca das traduções para o inglês de sua obra principal, Pedagogia do Oprimido, na tentativa de resgatar as dimensões epistêmicas de sua filosofia, sobre o tripé da ética, da dialética e da espiritualidade que nortearam a prosa de Freire.

PALAVRAS-CHAVE: Paulo Freire. Decolonialidade. Genealogia. Pedagogia Crítica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandro Rodrigo de Barros, Michigan State University (MSU), Lansing, Estados Unidos da América , barross1@msu.edu

Michigan State University, Assistant Professor, Department of Teacher Education, Ph.D., Romance Languages and Literatures, University of Cincinnati. Lansing, Michigan, USA.

Melissa Mendes Caputo Vicente, Universidade Católica de Santos (UNISANTOS), Santos, São Paulo, Brasil , melissa.vicente@unisantos.br

Universidade Católica de Santos, Centro de Ciências da Educação e Comunicação (CCEC), docente dos cursos de História e Pedagogia. Santos, São Paulo, Brasil.

Downloads

Publicado

2021-10-05

Como Citar

BARROS, S. R. de; VICENTE, M. M. C. . PODER, POLÍTICA E TRADUÇÃO: NOTAS PARA UMA GENEALOGIA DO PENSAMENTO FREIREANO NO EXTERIOR. Revista Inter Ação, Goiânia, v. 46, n. ed.especial, p. 1298–1313, 2021. DOI: 10.5216/ia.v46ied.especial.69967. Disponível em: https://revistas.ufg.br/interacao/article/view/69967. Acesso em: 24 set. 2022.