Estágio supervisionado em tempos de pandemia na educação infantil: um relato de desafios e possibilidades

Autores

  • Daniel Junior de Oliveira Centro de Educação Superior de Inhumas (FacMais), Inhumas, Goiás, Brasil, danieljunior@facmais.edu.br
  • Elisabeth Maria de Fátima Borges Centro de Educação Superior de Inhumas (FacMais), Inhumas, Goiás, Brasil, bethbraga1@hotmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v33i2.74873

Resumo

O presente relato de experiência didático-pedagógico ocorreu durante o Estágio Supervisionado no curso de
Pedagogia na Educação Infantil I, tendo como cenário o contexto da pandemia do novo coronavírus – Covid -19.
O relato aborda os desafios e possibilidades para realização do Estágio Supervisionado na Educação Infantil em
uma Instituição de Educação Superior localizada na região metropolitana de Goiânia; traz uma possibilidade
reflexiva sobre as condições de desenvolvimento do estágio em tempos de pandemia enfrentada por parte dos
professores e alunos. O procedimento metodológico foi revisão bibliográfica com aporte teórico em autores como:
Pimenta (2005/2006); Suanno, Silva e Rosa (2017), Peixoto e Santos (2018); Abdalla e Silva (2018); Morais,
Pinho e Pinho (2021). Portanto, evidencia-se que a realidade vivenciada no estágio durante este período revelam
que docentes e estagiários tiveram que se adaptar ao uso dos recursos tecnológicos utilizados no processo de
ensinar e aprender para conduzir com as atividades propostas e dar continuidade ao estágio com auxílio dos
recursos educacionais digitais e assim colaborar para construção de identidade docente articulando saberesteóricos
e práticos. Destaca-se a importância das relações sóciais na educação infantil e a necessidade de que o estágio
supervisionado seja obrigatório, supervisionado e presencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Junior de Oliveira, Centro de Educação Superior de Inhumas (FacMais), Inhumas, Goiás, Brasil, danieljunior@facmais.edu.br

Doutorando em educação pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás PUC-GO, na linha de pesquisa Teorias da Educação e Processos Pedagógicos; Mestre em Educação com pesquisa na linha: Política e Gestão da Educação; Professor efetivo da Secretaria Municipal de Educação e professor do Centro de Educação Superior de Inhumas FacMais.

Elisabeth Maria de Fátima Borges, Centro de Educação Superior de Inhumas (FacMais), Inhumas, Goiás, Brasil, bethbraga1@hotmail.com

Mestra em História pela Universidade Federal de Goiás – UFG; Professora no Centro de Educação Superior de Inhumas – FacMais.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

OLIVEIRA, D. J. de; BORGES, E. M. de F. Estágio supervisionado em tempos de pandemia na educação infantil: um relato de desafios e possibilidades. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 33, n. 2, p. 232–245, 2022. DOI: 10.5216/rp.v33i2.74873. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/74873. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Experiências didático-pedagógicas no estágio supervisionado na educação infantil