Estágio não obrigatório e o trabalho remoto na Educação Infantil: experiências formativas na EEBAS/UFPB

Autores

  • Renata da Costa Lima Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil, renata.lima@academico.ufpb.br
  • Thais Thalyta da Silva Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil, thaislyta@hotmail.com
  • Claudia Maria de Lima Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil, claudia.lima@academico.ufpb.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v33i2.74870

Resumo

O presente texto discorre sobre os estágios não obrigatórios e as experiências formativas dos(as) licenciandos(as)
do curso de pedagogia do Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba, a partir das experiências
construídas durante o trabalho remoto na Escola de Educação Básica, no ano de 2021. A discussão conta com as
referências de Pimenta (1994), Lima e Pimenta (2006), Cerisara et al. (2002), dentre outros. Foi aplicado um
questionário disponibilizado por meios virtuais aos três estagiários(as) da Educação Infantil. As respostas dos(as)
estagiários(as) foram organizadas a partir da análise de conteúdo de Bardin (2002). As categorias empíricas
emergidas das respostas foram: percepções sobre o trabalho remoto; avaliação das interações e participação das
crianças e as contribuições do estágio remoto para a formação docente. Mediante análise, inferimos que a
experiência de estágio remoto, embora desafiadora e limitadora na dimensão prática-formativa, foi positiva dada
a aproximação das dimensões do ser criança; às construções de experiências que possibilitam a articulação entre
os conhecimentos teóricos e a realidade escolar; à mobilização de aprendizagens práticas no planejamento, à
elaboração de materiais didáticos e interações junto às crianças. Cabe enfatizar que as experiências dos estágios
remotos não esgotaram suas finalidades e possibilidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata da Costa Lima, Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil, renata.lima@academico.ufpb.br

Doutora em Educação, Professora da Educação Infantil da Escola de Educação Básica da UFPB.

Thais Thalyta da Silva, Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil, thaislyta@hotmail.com

Doutora em Educação, Professora da Educação Infantil da Escola de Educação Básica da UFPB.

Claudia Maria de Lima, Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, Paraíba, Brasil, claudia.lima@academico.ufpb.br

Mestra em Educação, Professora da Educação Infantil da Escola de Educação Básica da UFPB.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

LIMA, R. da C.; SILVA, T. T. da; LIMA, C. M. de. Estágio não obrigatório e o trabalho remoto na Educação Infantil: experiências formativas na EEBAS/UFPB. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 33, n. 2, p. 219–231, 2022. DOI: 10.5216/rp.v33i2.74870. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/74870. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Experiências didático-pedagógicas no estágio supervisionado na educação infantil