Cuentos de hadas e infancia: la dialéctica entre tradición y modernidad

Autores

  • Adriana Marrero Universidad de la República e Investigadora del Sistema Nacional de Investigadores, Montevideo, Uruguay, adriana.marrero.fernandez@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v32i2.70894

Resumo

Este artigo aborda o ressurgimento dos contos de fadas tradicionais em uma década farta de produção cinematográfica a partir de suas histórias, para a construção da identidade por meio do projeto reflexivo de si, característico desta fase da modernidade. Teoricamente, baseia-se na ideia de modernidade atual (GIDDENS e BECK, 1996) e nas transformações da educação concomitantes à sociedade pós-industrial (RIESMAN, 1964 e BAUMAN, 2001). Metodologicamente, utiliza a hermenêutica para a interpretação dos sentidos objetivados que emanam da trama dos filmes, para sua discussão como potenciais guias de sujeitos obrigados à indivisão e à formulação de planos de vida em contextos de grande incerteza. A hipótese do trabalho consiste em que o desequilíbrio entre um presente confuso e cacofônico, um futuro incerto e arriscado para o qual se projetar e um passado que dá segurança e sentido vital devido à reelaboração e estilização da tradição, desempenha um papel papel relevante na explicação da volta dos contos de fadas clássicos, uma vez que oferecem orientações normativas e valiosos conteúdos educacionais para as crianças, que é necessário reafirmar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Marrero, Universidad de la República e Investigadora del Sistema Nacional de Investigadores, Montevideo, Uruguay, adriana.marrero.fernandez@gmail.com

Doctora en Sociología por la Universidad de Salamanca, Magister en Educación (Ciep-IDRC), Licenciada en Sociología (Universidad de la República – Udelar) y Profesora de Educación Media (IPA). Profesora Titular Jubilada de Teoría Sociológica y Sociología de la Educación del Departamento de Sociología de la Universidad de la República e Investigadora del Sistema Nacional de Investigadores (ANII), Nivel II. Fue Profesora Titular y Directora del Departamento de Economía y Sociología de la Educación de la Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación, UdelaR. Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0783-5775.

Downloads

Publicado

2021-11-18

Como Citar

MARRERO, A. Cuentos de hadas e infancia: la dialéctica entre tradición y modernidad. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 32, n. 2, p. 92–111, 2021. DOI: 10.5216/rp.v32i2.70894. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/70894. Acesso em: 2 out. 2022.