Mediação pedagógica em tempos pandêmicos: relatos de professores da educação básica

Autores

  • Alba Cristhiane Santana Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, Goiás, Brasil, alba_mata@ufg.br
  • Renato Barros de Almeida Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC), Goiânia, Goiás, Brasil, renato.almeida@ueg.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v31i2.67106

Resumo

Este artigo tem o objetivo de discutir sobre o processo de mediação pedagógica no período da pandemia da Covid-19, considerando a utilização das tecnologias, com base em relatos de professores sobre aulas na educação básica. A mediação pedagógica é compreendida como um processo complexo e dinâmico que envolve a ação planejada e intencional dos professores, abrangendo os aspectos didático-pedagógicos, os contextos envolvidos e as relações entre as pessoas. Foi realizado um estudo qualitativo que se caracterizou por um processo interpretativo dos significados produzidos pelos participantes. Participaram seis professores que atuam na educação básica, que responderam a questões relacionadas à prática docente nesse momento de pandemia e de atividades escolares não presenciais. Na discussão sobre os relatos das aulas foram destacados os temas recorrentes, considerando-se as concepções sobre o processo educativo e as atividades não presenciais durante a pandemia, as condições de trabalho nesse contexto, as metodologias e as tecnologias utilizadas, as formas de interação e de participação dos alunos e as dificuldades para a mediação de forma não presencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-17

Como Citar

SANTANA, A. C.; BARROS DE ALMEIDA, R. Mediação pedagógica em tempos pandêmicos: relatos de professores da educação básica. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 31, n. 2, p. 207–225, 2020. DOI: 10.5216/rp.v31i2.67106. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/67106. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Tecnologias Digitais na Educação Básica