Os textos ficcionais voltados para a criança e o jovem e o ensino da literatura: uma leitura de "tanta tinta", de Cecília Meireles

Autores

  • Aroldo José Abreu Pinto

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v19i1.6063

Resumo

Neste trabalho, o intuito é refletir sobre algumas noções que normalmente são disseminadas sobre a leitura e o ensino da literatura em sala de aula com a chamada literatura infantojuvenil. Procuramos, mais pontualmente, destacar como grande parte dos textos ficcionais contemporâneos voltados ao público jovem traz em si um embate de representações que exige um leitor participante no processo de leitura e um educador preparado para sua observação, sob o risco do texto não se concretizar em sua totalidade no ato da leitura, pois liminam premissas básicas contidas na literatura de massa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aroldo José Abreu Pinto

Técnica em Assuntos Educacionais do Setor de Apoio à Ação Pedagógica do Cepae/UFG

Downloads

Publicado

2009-04-27

Como Citar

PINTO, A. J. A. Os textos ficcionais voltados para a criança e o jovem e o ensino da literatura: uma leitura de "tanta tinta", de Cecília Meireles. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 19, n. 1, p. 1–12, 2009. DOI: 10.5216/rp.v19i1.6063. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/6063. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos