Orientações curriculares para o ensino de Teatro nas escolas da rede estadual de Goiás

Autores

  • Mara Veloso de Oliveira Barros

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v27i2.44723

Resumo

Em 2009 com a publicação do Caderno 5 Reorientação Curricular do 1º ao 9º: Currículo em debate – Goiás, a Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce/GO) propõe as Matrizes curriculares com novos recortes e abordagens de conteúdos e práticas docentes que assumissem as aprendizagens específicas para todas as áreas do conhecimento e anos escolares. O presente artigo discorre sobre os princípios conceituais defendidos no Caderno 5 que atualmente fundamentam o ensino de Teatro nas escolas da rede estadual de Goiás.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mara Veloso de Oliveira Barros

Graduada em Licenciatura em Artes Cênicas pela Emac/UFG, Especialista em Filosofia da Arte pela UEC, Especialista em Docência do ensino superior pela FABEC e Mestranda em Ensino na Educação Básica pelo Cepae/UFG. Vínculo institucional: Centro de Estudo e Pesquisa Ciranda da Arte/Seduce; Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação/UFG.

Downloads

Publicado

2016-12-21

Como Citar

DE OLIVEIRA BARROS, M. V. Orientações curriculares para o ensino de Teatro nas escolas da rede estadual de Goiás. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 27, n. 2, p. 177–190, 2016. DOI: 10.5216/rp.v27i2.44723. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/44723. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: O ensino de arte na escola: histórias, linguagens e metodologias