Concepções de deficiência: um estudo sobre a representação social da diversidade humana ao longo da história

Autores

  • Denise Soares da Silva Alves Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará (EAUFPA)

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v28i1.43435

Resumo

Este artigo consiste no estudo da relação da sociedade com a deficiência ao longo da história, tratando dos pressupostos filosóficos que determinaram tal relação, permitindo compreender, desde a era primitiva até a segunda metade do século XX, as concepções de deficiência constituídas em contextos sócio-históricos distintos. O estudo reflete acerca da percepção de cada sociedade em relação à pessoa com deficiência e discute ainda o lugar ocupado por essas pessoas nessas sociedades, mostra como o avanço dessas concepções esteve atrelado ao avanço na conquista e garantia dos direitos fundamentais e aponta que a evolução cultural implicou em modificações sociais que ajudaram a construir uma nova realidade social e educacional para as pessoas com deficiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Soares da Silva Alves, Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará (EAUFPA)

Mestra em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Professora de Educação Inclusiva da Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará (EAUFPA).

Downloads

Publicado

2016-09-27

Como Citar

DA SILVA ALVES, D. S. Concepções de deficiência: um estudo sobre a representação social da diversidade humana ao longo da história. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 28, n. 1, p. 31–44, 2016. DOI: 10.5216/rp.v28i1.43435. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/43435. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Inclusão: todos na escola de educação básica!