O Pibid de Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia sob o olhar da coordenação de área

Autores

  • Sara Passos de Lima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO).
  • Mauro Guilherme Ferreira Bezerra Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO).

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v25i1.38227

Resumo

Este trabalho tem o objetivo de identificar as influências do Pibid na formação inicial e continuada de professores e licenciandos participantes do Programa na área de Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) sob o olhar do coordenador de área. A primeira parte, objeto deste trabalho, é a pesquisa realizada com o coordenador do Pibid, cuja área, no IFRO, é licenciatura em Física. A metodologia do trabalho consistiu em pesquisa qualitativa e bibliográfica, na qual utilizamos como instrumento de coleta de dados o questionário de perguntas abertas. Também serão discutidas a evasão de professores e propostas de formação inicial e continuada de docentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sara Passos de Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO).

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Rondônia. Técnica em Assuntos Educacionais do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO).

Mauro Guilherme Ferreira Bezerra, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO).

Professor e coordenador do Pibid da área de Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO). Mestrando em Nanociência e Nanobiotecnologia na Universidade de Brasília (UnB).

Downloads

Publicado

2015-10-23

Como Citar

LIMA, S. P. de; BEZERRA, M. G. F. O Pibid de Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia sob o olhar da coordenação de área. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 25, n. 1, p. 177–188, 2015. DOI: 10.5216/rp.v25i1.38227. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/38227. Acesso em: 23 jul. 2024.